PSD, Rede, DEM, PSB e PRB formam bloco independente de oito vereadores na Câmara de Porto Alegre

Acaba de ser definida a composição do chamado Bloco Independente na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, formado por oito vereadores de cinco pequenas legendas, PSD, REDE, DEM, PSB e PRB, já tem data para ser anunciada: será na primeira semana de fevereiro, após a conclusão do recesso parlamentar.  

O PROS e o PR poderão ir para o bloco independente.

Sem conseguir acordo para encorpar os blocos de oposição, independente e governo, os oito vereadores do PMDB e PDT continuam no limbo.

Oposição pura é integrada pelos vereadores do PT e  PSOL, portanto  sete vereadores. 

O bloco de apoio ao governo de Marchezan Júnior, dez vereadores do PP, Novo, PSDB, PTB e SDD, já está formalizado e conta com o apoio de onze vereadores.

3 comentários:

Anônimo disse...

AI QUE MEDA. COMO SE UMA CAMBADA DE VEREADORES ELEITOS PRA DAR NOMES DE RUAS E SE REPARTIREM COM O MILIONÁRIO ORÇAMENTO QUE DISPÕEM FOSSEM CAUSAR ALGUM TEMOR. TEMOR DEVEM TER ELES SE SAÍREM DA LINHA. POIS SERÃO EXPURGADOS DAS MAMATAS NOS PRÓXIMOS ANOS.

Anônimo disse...


Parece que não teremos carnaval de rua mas nos clubes fechados a musica vai rolar:


Ei, você aí! / Me dá um dinheiro aí! / Me dá um dinheiro aí!

Com relação a esta informação da composição, Não é bem pra isto que nos eleitores votamos em vossas execelências, de antemão e sem analise dos projetos já se posicionarem ficando a favor, contra ou independente ao prefeito. Tentem mudar um pouco desta vez e votem a favor do seu eleitor.

Anônimo disse...

anotemos nomes q apoiam os vermelhos do pt, pdt, rede e psol- na proxima eleiçao vamos varre- los do mapa como varremos agora para prefeitos, hehehe

lixos do psol, rede , pdt e pt nanicos