PMDB, de Temer, vota em peso para retirar contrapartidas em socorro aos Estados

O PMDB, partido do presidente Michel Temer, deu o maior número de votos favoráveis à retirada das contrapartidas ao socorro dos Estados no projeto de renegociação das dívidas com a União aprovado nesta terça-feira, pela Câmara.

Dos 66 deputados da bancada peemedebista, a maior da Casa, 50 participaram da votação e 47 deles se manifestaram a favor do fim das exigências para que o governo federal atenda aos entes regionais. Houve apenas dois votos contrários e uma abstenção.

O levantamento foi feito pelo Broadcast, do Grupo Estado.