segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Brigada ganha 47 fuzis calibre 5,56 do governo Temer

O secretário Cezar Schirmer disse hoje que 5 mil homens irão para as ruas durante a Operação Papai Noel.

Durante o lançamento da operação Papai Noel na manhã desta segunda-feira em Porto Alegre, a Brigada Militar recebeu oficialmente 47 fuzis semiautomáticos, com calibres 5,56 e carregadores com capacidade de 30 tiros. O armamento, de fabricação brasileira, foi doado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, em contrapartida à cedência de brigadianos à Força Nacional nos anos de 2013 e 2014. O valor total das armas é de R$ 329 mil. 

O subcomandante-geral da BM, coronel Andrei Sílvio Dal’Lago, explicou que os novos fuzis serão empregados pelos efetivos dos batalhões e pelotões de operações especiais, mas também às patrulhas que atuam nas áreas rurais. Em Porto Alegre foram contemplados os pelotões de operações especiais do 1º BPM, 9º BPM, 11ºBPM, 19ºBPM, 20ºBPM e 21ºBPM, totalizando 17 fuzis. Já os comandos da BM na Região Metropolitana, Litoral Norte, Planalto, Centro Sul, Vale dos Sinos e Serra ficaram com os outros 30.

Cada  fuzil pesa 3,38 kg. O secretário Cezar Schirmer tentou empunhar um, mas não se atreveu a atirar.

15 comentários:

Anônimo disse...

estamos bem de secretario de segurança! não sabe e não gosta de atirar.
um militar ou policial da reserva não fariam melhor pela segurança?

Anônimo disse...


Toda esta fiasqueira em praça pública, por umas armas usadas.

Estas armas foram compradas durante o governo do PT, para serem usadas durante a Copa e Olimpíadas pela FNSP.

Politicagem barata do PMDB, ao creditar ao novo governo a aquisição das armas, mais uma vez estão copulando com o órgão sexual alheio.

Anônimo disse...


O cara não é do ramo, vejam na imagem que ele até tenta agarrar a arma, mas os dois PMs não deixam, e se por um aborto do destino o fizesse, certamente iria mijar nas calças, pois ovelha não é para mato.

Luiz Vargas disse...

R$329.000,00 : 47 unidades = R$ 7.000,00 por unidade.
R$ 7.000,00 são equivalentes a US$ 2.000,00 e com esta grana daria para comprar no mínimo o dobro da quantidade de armas fabricadas e compradas no Brasil e com uma qualidade e confiabilidade possivelmente muito maior. Alguém levou algum.

Mordaz disse...

Tinha que testar ver se funciona em traficante. Podia enfileirar os que estão presos e dar umas rajadas para ver se são efetivos.

Anônimo disse...

Não fala onde estarão guardados senão os manos roubam tudinho.. e de dia !!!! a policia hoje em dia é muito molenga e só pensam em se aposentar...

Anônimo disse...

O novo Ministro da Justiça dando seu recado a bandidagem.Acabou a bonança. Aos poucos o Brasil vai sendo colocado nos trilhos novamente.Podem esperar que mais ações ocorrerão.

Unknown disse...

Nossa segurança só se preocupa com aparições midiáticas!!!
Assunto deste tipo tem que ser mantido em sigilo!!!
Babacas!!!

Anônimo disse...

Nossa, como tem macho por aqui. Macho e babaca. Então se o cara não sabe segurar uma arma direito, não pode assumir a chefia da Segurança? Os cientistas que lançaram homens até a Lua não poderiam tê-lo feito pq nunca voaram de foguete? Até não sou favorável ao Schirmer na Segurança, mas não porque não sabe segurar fuzil. Grande coisa.

Anônimo disse...

As armas estão aqui isso é que importa cubanito

Anônimo disse...

Vai estocar vento pteca

Anônimo disse...

melhor preço é a posse do armamento pronto para acabar com a delinquência criada pelos ptecas ladrões

Anônimo disse...

Boa acabar com os marginais de estimação do casal luladilma

Anônimo disse...

Boa. São os admiradores do casal luladilma.

Anônimo disse...

Não dá mais para acreditar que um dia a segurança no RS irá melhorar. Muita miséria, drogas e impunidade.
Está mais fácil assaltar no centro de Porto Alegre, faturando fácil uns R$ 400/dia, pois só tem azulzinho da industria da multa.
Isso tudo é o resultado da falta de seriedade política, que só sabem aumentar impostos a qualquer dificuldade financeira, o que faz com que empresas deixem o RS e também desestimula novos investimentos.
Não dá mais para ter orgulho do RS. Virou um lixeira.