Ministros reagem negativamente a MP de Temer

Sem medo do risco a que se expõem, dois ministros de Michel Temer demonstraram publicamente sua indignação com a decisão do presidente de editar uma medida provisória que transfere parte dos recursos das loterias esportivas para o Ministério da Segurança Pública, que injetará R$ 800 milhões no orçamento da Pasta.

"É muito claro para todos nós que essa [segurança pública] é uma área que merece receber investimentos urgentes e prioritários do Poder Público. Mas nunca em detrimento do esporte, sabidamente um forte aliado no combate à violência", diz trecho da nota do ministro do Esporte, Leandro Cruz.

"Trata-se de uma decisão equivocada, que não tem o apoio do Ministério da Cultura. O investimento em segurança pública é obviamente crucial neste momento crítico que o país vive. O combate à violência urbana, porém, não deve se dar em detrimento da cultura, mas também por meio da cultura, assim como do esporte e da promoção do desenvolvimento", reclamou o ministro Sérgio Sá Leitão.

10 comentários:

Anônimo disse...

Rsrsrs Quem já leu A Revolta de Atlas já viu esta situação ser descrita exatamente deste modo. É aquela coisa: é importante, mas que faça sem tirar o meu dinheiro. Rsrsrs

Anônimo disse...

Devia tirar mais para botar na segurança.

ATENTO disse...

DEMITA O MINISTRO!!!

A TETA DELE ESTA TERMINANDO, ELE PREFERE SEU POLPUDO SALARIO AO INVÉS DA SEGURANCA DOS SEUS PATRÕES, O POVO ESGUALEPADO PELOS IMPOISTOS.

DEMITA, PORQUE NÃO TEM CAPACIDADE DE ANALISE E DE FICAR CALADO. É UM MINISTRO DEMAGOGO.

O ESPORTE É AUTOPAGANTE E EM SITUACÕES DE EMERGENCIA, VALE O QUE O TEMER FALOU.

DEMITA O MINISTRO,OU QUE ELE INDIQUE UMA SOLUCÃO MELHOR.

TEMER PEGOU O PAIS EM CACARECO ESTÁ COLANDO OS CACOS E NINGUÉM AJUDA. A CASA VAI CAIR EM CIMA DE NÓS SE NINGUÉM AJUDAR.

Anônimo disse...

É só demitir o Ministro da Cultura, cujo Ministério já deveria ter sido fechado para contenção de despesas. A segurança à vida é um bem maior do que esses quadros pedófilos que andam exibindo por aí, com apoio do Ministério da Cultura.

Anônimo disse...

Eles precisam marcar posição, para atender as corporações de suas pastas. Sabem porém que a MP atende anseio da sociedade, neste momento de extrema falta de segurança.

GILALMEIDA disse...

ao Sr. Ministro da Cultura:

Tem razão em apenas um ponto. A cultura poderia diminuir a violência MAS SÓ SE fosse igualmente (PARA TODOS MESMO) implantada no País. E antes, a EDUCAÇÃO.

Das verbas da "cultura" a gente vê que artistas de renome (e que não precisam disso) são patrocinados com gigantescas verbas oriundas da Lei Rouanet. E pseudo artistas que não tem qualquer vocação ou aptidão artística também são patrocinados por ela a fundo perdido - sem que a sociedade tenha qualquer retorno. Patrocínio de festa junina? Por que não da farra do boi? Vão patrocinar também o enterro de crianças indígenas vivas? Pois isso também faz parte da "cultura" de alguns grupos daqueles povos...Tudo são maneiras de gastar (algumas vezes com retorno pessoal) o dinheiro (que sobra) extorquido em impostos abusivos.

Essa lei Rouanet deveria ser extinta o mais cedo possível. E, sim, a média dos gastos com ela podem muito bem ser empregados em outra coisa - como a Segurança Pública.

Aproveitando o embalo, TODOS os cargos de confiança abaixo de MINISTRO poderiam ser extintos. O cofres públicos e os nossos bolsos agradeceriam.

Anônimo disse...

Ministério da Cultura?
Essa maloca de comunista parasitas do trabalhador tem mais que ser 🔒 fechado. Vão caçar trabalho seus vagabundos. Em breve iremos enterrar em cova rasa essa ideologia satânica promovida pelo diabo mais não só a ideologia terá uma cova rasa seus adoradores terão o mesmo destino.

Rudy Boger disse...

Qualquer um que fizesse parte de minha equipe e que, publicamente, discordasse de minhas decisões, eu demitiria imediatamente. Ou faz parte de do governo ou não faz parte.Estes dois ministros devem solicitar exoneração imediata. Ou devem ser demitidos pelo Pres. Temer. Vamos ver se Temer tem peito para isto.

Anônimo disse...

Apoio integralmente pois o que se vê da cultura patrocinada pelos imposto é puro lixo esquerdopata.
Joel robinson

Anônimo disse...

Já é o fim da picada ter um Ministerio do esporte..só no Atrasil.