É presa sob acusação de corrupção a ex-primeira dama de El Salvador. Ela é brasileira e ligada ao PT.

Ligada ao PT, a ex-primeira-dama de El Salvador Vanda Pignato, que é brasileira, foi presa na última terça-feira sob a acusação de ter participado de um esquema que desviou mais de US$ 351 milhões dos cofres públicos. As informações são da revista IstoÉ.

Vanda Pignato, que é ligada ao Partido dos Trabalhadores (PT), é acusada de ter lavado US$ 165 mil durante o governo do seu ex-marido, Funes, entre 2009 e 2014. O caso é conhecido em El Salvador "Saque Público".

Pignato, que luta contra um câncer, foi detida em um hospital particular na capital do país, San Salvador. Seu estado de saúde não foi revelado pelas autoridades locais. De acordo com o juiz do caso, a prisão foi executada porque haveria risco de fuga da ex-primeira-dama.

Nenhum comentário: