Bolsa fechou em queda de 0,9% e dólar subiu 0,9% neste sábado

A vitória de Temer no TSE, ontem, prevista desde o dia anterior, foi encarada com realismo pelos mercados de Bolsa e de câmbio nesta sexta-feira, porque segundo  o estrategista-chefe da Eleven Financial, Adeodato Volpi Neto, "o"investidor não tem medo de crise, tem medo é de escuro, de um quadro de incertezas".

Embora a crise política não tenha sido eliminada de vez, há previsibilidade no horizonte sobre a permanência do presidente no comando.

Dólar
No fechamento, o dólar à vista negociado no mercado de balcão apontou alta de 0,89%, aos R$ 3,2922, depois de oscilar entre a mínima de R$ 3,2569 (-0,19%) e a máxima de R$ 3,2982 (+1,07%).

Bolsa
OÍndice Bovespa fechou em queda de 0,87%, aos 62.210,55 pontos. Na semana acumula queda de 0,48%. Essa "corrida" levou o volume de negócios para o maior nível na semana, de R$ 7,19 bilhões.

Um comentário:

ARS disse...

Pirou editor?! No sábado, os mercados financeiros não abrem.