Avança reação contra projeto da nova Lei de migração

Hoje, em SP, muçulmanos foram para a avenida Paulista defender a nova Lei da Migração, que é apoiada pelos comunistas do PCdoB, Psol, PSTU e Psol.
A foto ao lado é da bandeira islâmica, esta tarde, em SP.
Eles saíram às ruas, exatas 72 horas depois que terroristas palestinos atacaram polícia e manifestantes paulistas, e 24h depois da condenação de oito bandidos presos durante a Olímpiada, por fazerem apologia do terrorismo islâmico.

O editor tem criticado aqui o projeto aprovado por deputados e senadores e que estabelece novas regras para a imigração, mas que ainda depende de sanção presidencial.

Se virar lei, o território brasileiro virará abrigo seguro sobretudo para bandidos muçulmanos que esta semana praticaram atos de terrorismo ao atacarem grupos de manifestantes brasileiros em SP.

O autor da lei é o atual chanceler Aloysio Nunes Ferreira, que hoje enfrentou protestos em SP. O senador disse que "foram meia dúzia de gatos pingados de extrema-direita". Pode até ser, mas muito mais gente opõe-se ao novo monstrengo jurídico, como escreve o editorial de hoje do Estadão (CLIQUE AQUI para ler). Hoje, aliás, a Itália começou a repatriar potenciais terroristas (CLIQUE AQUI para ler).

22 comentários:

Anônimo disse...

site de cara nova...

parabens, ficou bom, mais moderno...

Anônimo disse...

Pois é editor, o site O Antagonista reconheceu hoje que errou não dando a devida importancia a esse tema, eis abaixo o que disse um comentarista do site.

"Somos poucos"??? 2 minutos atrás
A Joice Hasselmann está falando nisso há séculos, superpreocupada, e O Antagonista (principalmente Madeleine e Mário, que tocaram no assunto e desdenharam de sua importância) comendo mosca. Como comeram mosca também sobre a Dilma usar um e-mail falso para tentar bloquear a Lava Jato. O jornalista Políbio Braga noticiou isso ONTEM, às cinco da tarde. Não venham com essa desculpa de que são poucos, pois tanto a Joice como o Políbio trabalham sozinhos e passaram à frente de vocês. Aproveitem e contratem a Joice, o Políbio e o Marco Antonio Villa!

Anônimo disse...

Amigos brasileiros, que não querem que suas esposas e filhas sejam estupradas, vamos enviar a noticia ao Alex Jones. Eis um link da notícia em inglês:

https://www.jihadwatch.org/2017/05/video-from-brazil-muslim-migrants-throw-homemade-bomb-at-anti-migration-law-protesters

Se não fizermos nada, veja como será a sua vida dentro de alguns anos:

https://www.youtube.com/watch?v=lzudp7AfbWw

Anônimo disse...

EU SOU favor da lei pois o brasil tambem é feito de imigrantes, somos todos vindos de portugal, alemanha, italia e varios paises, sempre convivemos bem com todos povos e assim devemos continuar, alem disto tambem vamos aos milhares morar em outros paises taambem nao queremos ser rejeitados em outros paises se nao queremos ser rejeitados tambem nao podemos rejeitar, o brasil nunca foi rota do estado islamico ou terroristas

Mordaz disse...

A marcha mostra que não querem ser brasileiros mas trazer seu poder para o país.

Anônimo disse...

anonimo a favor, os tempos sao outros...

comparar a imigração da vovozinha para uma terra deserta e carente de desenvolvimento é completamente diferente da imigração nos tempos de hoje, onde se tem um pais em frangalhos que mal da conta dos seus cidadãos...

e esse papinho de que o Brasil nunca foi rota de terroristas islamicos é apenas o tradicional pensamento magico do brasileiro em ação, que acredita que o Brasil tem as melhores praias, as mulheres mais bonitas e por ai vai...

esse tempo de ilusão com o Brasil ja ficou pra tras...

hoje qualquer país pode virar rota ou criadouro de terroristas...

Alberto disse...

Porque os esquerdopatas tupiniquins não adotam os refugiados???

Anônimo disse...

O Brasil é um país formado por imigrantes. O que se está defendendo é a continuação da paz que sempre houve entre todos os imigrantes. Todos sempre puderam seguir sua religião e continuar e adaptar seus costumes e se miscigenar. Hoje qualquer brasileiro come pizza, suchi, etc. O que os islâmicos querem é impor seus costumes, suas crenças e sua política aos demais. Vejam que, dos imigrantes, só eles se sentiram ofendidos e, só eles tiveram a audácia de expor sua bandeira na manifestação em nosso país.

Anônimo disse...

Não tenho dúvidas que a UE esteja por trás disso. Estão querendo mandar seus terroristas para o Brasil. E o Aloysio Nunes foi de um patriotismo exemplar. Ainda chamou os contrários de "meia dúzia de gatos pingados de extrema-direita". Comunista não tem pátria mesmo. Lambe as botas do ditador Raul Castro.

lilico disse...

O nosso erro é não ler. Ceticismo nesse assunto vai custar caro. Leiam o que SHARIA,não se enganem todo muçulmano segue o SHARIA. Não sou xenófobo mas,com relação aos tenho certeza que se os aceitarmos hoje ,amanhã teremos um grande arrependimento.

visionst3 disse...

muitos de vós até riram-se ao que Lulalá dizia-se ter exercito particular, agora as pedras neste tabuleiro vao-se a encaixar

Anônimo disse...

Acho que deviam se informar, os que são a favor desse povo que deseja imigrar para o Brasil.
O povo Islâmico é em regra geral fanático e não aceitam os contrários a eles, se permitir- mos isso nosso país vai virar um caos. (se já não está).

Anônimo disse...

Blog tá muito bom, Polibio.
Parabéns e força sempre.

Fernando Bender disse...

Eu sou muçulmano, não sou bandido. Sou contra a lei da imigração.
A soberania nacional é suficiente para determinar em seu território quem pode entrar e sair. Não é a ONU, não é este editor. O Islam não tem bandeira. Nenhuma religião têm. O editor sabe disso, e lembra quando quer.

Anônimo disse...

Ô motorista de terrorista, então se a manifestação era "só meia dúzia da extrema direita" podiam ser agredidos pelos palestinos? Estrangeiros agora podem explodir bombas em solo brasileiro, fazer manifestações a favor ou contra projetos de lei nossos, agredir brasileiros porque estes não querem a aprovação de uma lei que só beneficiaria estrangeiros e seria contra os interesses e necessidades dos brasileiros? Terrorista da 3a.idade consegue ser ainda mais sem noção do que os da juventude.

Anônimo disse...

Aloysio, leve uma meia dúzia de islâmicos para a tua casa e deixe-os conviver com tua esposa e filhas. Duvido que faça isso! Mas quer que a gente faça, ma
né? Comunista FDP!




visionst3 disse...

Sr.Michel Tremer tenha hombridade e devolva este projeto ruim de volta a camera

Anônimo disse...

Acho que nenhum brasileiro e contra a imigração, o brasileiro é contra o liberou geral, sem controle.O Brasil tem a obrigação de manter controle de quem está entrando para segurança dos imigrantes e dos nativos.Ou na minha casa pode entrar qualquer um, aliás "a Pátria é a familia amplificada" frase de Rui Barbosa.

Anônimo disse...

Concordo com os 2 anônimos do dia 05 de maio das 17:55 e 18:22. Sou filha de austríacos e portugueses, casada com russo e acho também que os tempos são outros. Li que países da Europa querem pagar países da América do Sul para receberem imigrantes. Só imagino o caos.

Anônimo disse...

"o Brasil nunca foi rota do estado islâmico ou de terroristas"...Já ouviu falar da tríplice fronteira que segundo investigadores da Interpol é um postos de financiamento do estado islâmico?? Sabe de nada inocente!!!

Blogueiros do Brasil disse...

Ao anônimo de 5 de maio de 2017 16:33 : É bom saber sobre o Antagonista. Cancelei minha assinatura na newslatter deles devido à conotação que a Madeleine deu na 'TV Antagonista Ao Vivo' , no dia 03/05/2017, ao atentado terrorista na Av. Paulista , não antes de deixar um comentário no canal deles no Youtube, onde também cancelei a minha inscrição. Graças ao episódio percebi que são os antagonistas são socialistas fabianos ... pegam pesado contra o PT e o Lula, mas quando o assunto é o PSDB a coisa muda. A Madeleine, idem. Pesquise sobre ela na rede e descobrirá uma incômoda proximidade entre ela, o Gilmar Mendes e o PSDB. Espero que o recém contratado, o Felipe Moura Brasil, não se deixe contaminar. Se bem que ele já deve estar vacinado, pois veio da Revista Veja.

Blogueiros do Brasil disse...

Ao anônimo de 5 de maio de 2017 17:20 : Sou também descendente de imigrantes. E sou contra a nova lei da migração. Historicamente a imigração de estrangeiros para o Brasil sempre teve um propósito. Isto desde 1530. Primeiro foi para povoar, depois para estimular o desenvolvimento. Os meus antepassados, japoneses e italianos , por exemplo, vieram , via de regra ,para ajudarem na agricultura. Sobre a nova lei da migração faço duas perguntas : 1) Qual é o propósito ? , 2) Por que agora ? Respondo : 1) Por dinheiro. As verbas virão dos europeus e do aumento do tráfico de drogas via fronteiras do norte. 2) Por votos. A nova lei vai trazer novos eleitores EMERGENCIAIS para a esquerda, se não os próprios imigrantes ( há controvérsias se eles terão direito a voto), os seus descendentes e/ou os seus familiares brasileiros. No mas, basta refletir : O PT votando em massa em um projeto do PSDB ?!! Isto só pode ser uma fria !!