Taxistas protestam contra morte de colega esfaqueado em Porto Alegre

Taxistas fizerram protesto nesta segunda-feira em Porto Alegre pela morte do colega de profissão Rogério Reolon Martins, 52 anos. 

Este cidadão gaúcho foi esfaqueado no dia 29 de março na Estrada Antônio Borges, bairro Belém Velho, na zona sul da Capital, e morreu na tarde de domingo no Hospital de Pronto Socorro. 

8 comentários:

Anônimo disse...

Tem que invadir o diretorio do PMDB

Alberto disse...

Tem que reagir Sartori! Chega de bandidos tomando conta do RS!

Anônimo disse...

COITADOS...E QUANDO ELES ESTRAÇALHARAM OS COLEGAS DO UBER?ATÉ HOJE AINDA SÃO AGREDIDOS...DOIS PESOS,DUAS MEDIDAS.OU EXISTE RESPEITO ENTRE TODOS,QUE TODOS POSSAM TRABALHAR,SEM SEREM AGREDIDOS,OU AQUELE DITADO:VÃO SE CATAR....

Anônimo disse...


Marchezan tem que colocar reconhecimento facial nos táxis e lotações.

Anônimo disse...

Uma morte não justifica a outra. E nada contra o Uber, apenas tem que ser regulamentado, cumprir normas, exigências, etc., como os táxis. Vai ficar caro? Provavelmente. O que não dá é motorista particular prestar serviço de táxi sem pagar - e sem cumprir exigências - por isso

Loira Gamboa disse...

Engraçado que é tão valente para falar no anonimato, vcs do Uber se fazem de santo perante a sociedade mas está máscara está caindo, pois colegas de vcs tbm provocam, jogam carro por cima dos táxis, ficam ameaçando, então por favor respeitem a família e dor e outra coisa este pai colega que se foi numa brutalidade, não fazia mal a ninguém, é muito pelo contrário, os Uber faziam lanches junto com eles no ponto onde mais trabalhavam, então bem se vê que está pessoa é uma bem mal informada, e pelo o comentário desumana.

Anônimo disse...

Vítimas do mundo cruel, a farsa de vcs estão caindo, pois tem muito motorista do uber, respondendo até inquérito por andar armado, muito motorista perdendo o carro e fora alguns que morreram fazendo o que será? Então não julgue alguém que vc nem conhecia e respeita a família

Unknown disse...

NarcoEstado!!!