Só Para Porto Alegre - Você percebe mais Brigada nas ruas ?

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Homem é morto na frente de casa e outro é baleado na cidade de Pelotas, RS

Sem policiamento (Brigada, Polícia Civil e FNS sumiram das ruas), cidadãos gaúchos continuam sendo abatidos como gado no RS.

O jornal Diário de Pelotas informou hoje que o cidadão gaúcho Ari Weege, de 61 anos, foi assassinado com dois tiros quando estava na frente de casa, na Rua Idelfonso Simões Lopes, no bairro Sanga Funda.

Foi ontem a noite, 22h.

Ocupantes de um carro atiraram ao passarem em frente à vítima. Os tiros atingiram o peito de Ari, que não tinha registro de antecedentes criminais e morreu no local.

Ninguém foi preso até as 4h desta terça-feira.

Uma hora depois do assassinato, Pelotas teve outra vítima de disparos de arma de fogo. Dessa vez, um adolescente de 16 anos. Ele foi atingido por um tiro no abdômen por volta das 23h na Rua Leopoldo Brod, no bairro Três Vendas. Ele tem histórico de envolvimento em diversos crimes e já foi vítima de tentativa de homicídio. Nenhum suspeito de efetuar o disparo foi preso. 

9 comentários:

sempre mais disse...

É o plano do PT para o povo. Conseguiram. Acabaram com o país e ainda querem ser eleitos.

Anônimo disse...

Um menino abatido como gado...

Anônimo disse...

E os ativistas dos direitos dos manos são contra pena de morte no Brasil, a pena de morte já foi implantada e só é aplicada contra o cidadão comum, ordeiro e trabalhador.

Anônimo disse...

em 14 anos do pt este é o saldo numero de bandidos explodiu

Anônimo disse...

Uma criança-bandido com historico de vaaaaaarios crimes, ora, apenas, limparam um lixo

ATENTO disse...

"TERÁS E VIVERÁS CONFORME OS FRUTOS DA TUA BOCA..."(bíblico)

MUITO TRISTE-MAS AVISAR BANDIDO É PIOR

Um cidadão de uma pacata cidade falou na radio gaucha ao repórter, que na sua cidade era tudo maravilha,ninguém se preocupava,deixava roupa no varal,saia de casa e porta ficava destrancada,ninguem roubava nada lá.
Na outra semana, quase todos foram roubados lá na PACATA E SEGURA cidadezinha,GRAÇAS A DIVULGAÇÃO feita ,de interesse máximo da bandidagem.

Não falar é ruim, mas FALAR DEMAIS ALERTA e INCENTIVA o ladrão,garantir não ter policiamento,propagandear,cacarejar exageradamente, é fazer um CONVITE A PRATICA DO CRIME.

AGRAVA,PIORA, é "bom senso" cuidar o que se diz.

NO MUNDO DOS NEGÓCIOS,NA GUERRA,EM QUESTÕES DE SEGURANÇA,ENTÃO NEM SE FALA....

Anônimo disse...

Infelizmente governo deixou chegar a este ponto justamente para poder ter 'autorização' da população para gastar bilhões e continuar sistema de corrupção, e com aval inocente do povo. Lamentável.

Unknown disse...

Bandido bom é bandido morto!!! Guerra é Guerra!!!
Colônias Penais Produtivas já!!! E presos sem tutela do Estado tendo que trabalhar para se sustentarem, aos seus e ao sistema carcerário como um todo!!!
E que a OAB preste serviços à comunidade no sentido de tirar da prisão aqueles que não deviam estar lá!!! É o mínimo que a corporação de "adevogados" deveria fazer neste momento de inoperância da nossa justiça que não faz justiça...

Jose Luiz Rizzotto disse...

O editor gosta muito do termo abatido como
"gado" !