EUA cai fora da Parceria Transpacífico

Num de seus primeiros atos, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta segunda-feira uma ordem executiva para retirar o país da Parceria Transpacífico, alegando que a saída do acordo "é algo ótimo para os trabalhadores americanos".

Durante a sua campanha, Trump criticou a integração comercial com outros países, afirmando que o livre comércio traz prejuízos  a indústria e ao emprego nos EUA.

Segundos especialistas, a saída dos americanos inviabilizará o acordo que busca estabelecer um contraponto ao aumento da influência econômica e política da China. E com isso, os chineses terão caminho livre para desenvolver seu próprio acordo de livre comércio e aumentar a influência na Ásia,

11 comentários:

Anônimo disse...

Nao fez a licao de casa, Editor!

Unknown disse...

OS EUA ja' tem acordo de livre comercio com esses paises da TPP. As coisas nao vao mudar muito.

Anônimo disse...

Não quero crer que dormiremos de touca mais outra vez e assim perderemos a oportunidade que se abre à retirada dos americanos dos blocos de integração.
O espaço que eles ocupam, ou uma fatia dele, pode muito bem ser ocupada por nós mesmos. Ou vamos ficar esperando?

Anônimo disse...

Se verificar os países que fazem parte deste acordo, verás que Trump fez certo.

Anônimo disse...

Veja o que era a TPP/;
http://www.citizen.org/TPP

Anônimo disse...

Estados Unidos, Japão, Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Peru, Malásia, México, Nova Zelândia, Cingapura e Vietnã.

Obama não estava em bom momento quando assinou isso.

Anônimo disse...

https://www.eff.org/issues/tpp

ATENTO disse...

PARABÉNS TRUMP!

É ISSO AÍ, MAIS UM ATO DE CAMPANHA,TRUMP ESTÁ CUMPRINDO!
OBAMA ABRIU O MERCADO AMERICANO IRRESPONSAVELMENTE,A CHINA PRATICA "DUMPING SOCIAL", DESEQUILIBROU O MUNDO, MERCADOS DE TRABALHO DETONADOS POR PRODUTOS CHINESES COM A COMPLASCENCIA DE ESQUERDISTAS COMUNISTAS.

RECADO AO TEMER, COPIA TRUMP OU BOLSONARO VIRÁ AI COM TUDO SERÁ O NOSSO "CAÇADOR DE PETRALHAS".

MAIS UM PONTO PARA TRUMP.VAI SE CONSAGRAR!

A AMERICA COMO UM DROGADO VICIADO ,OBAMIZADO ,DESPERSONALIZADO NA ERA OBAMA, ESTÁ AOS POUCOS VOLTANDO A SER A CARA DA GRANDE AMÉRICA,INIMIGA DE PETRALHAS, A LOCOMOTIVA DO MUNDO, COM ORGULHO E RESPEITO.

Anônimo disse...

Trump está equivocado, está enfiando os pés pelas mãos. Vai governar pensando no passado, parece os vermelhos escarlates bolivarianos.O mundo está cheio dessa gente de direita/esquerda de cima ou debaixo.O mundo tem que olhar para frente e ter competentes nos cargos que ocupam.Trump pertence a velha economia.Estamos na era do conhecimento.

Unknown disse...

Dá-lhe Trump!!!

Anônimo disse...

O que os brasileiros tem que entender, e não vi explicado em lugar nenhum, é que a "esquerda" americana não tem nada a ver com a esquerda festiva da América Latina. São coisas totalmente diferentes.
Para estes que acreditam que o Trump(oso) será a solução dos problemas, pensem no seguinte:
1) Passou a campanha inteira falando contra a relação da Goldman Sachs com a Hillary. Depois de eleito, nomeou 5 executivos da própria para o primeiro escalão.
2) Rex Tillerson (CEO da ExxonMobil) como Secretário de Estado é a maior empulhação. 85% das reservas de petróleo nas áreas de exploração da ExxonMobil estão na Russia e, atualmente proibida de explorar por embargos econômicos. Não há algum conflito de interesse?
3) Trump não é o magnífico empresário que todos pensam ser. Faliu 4 vezes. Faliu um cassino! Não libera as informações de sua declaração de renda (afinal, não deve ter 10% do que diz ter).
4) Os Estados Unidos jamais voltarão a ser o que foram nos anos 50 e 60. O mundo mudou. As promessas vazias são o mesmo que pregar a volta dos ascensoristas aos elevadores, as operadoras de telex, etc.
5) Obamacare: eu não gosto do Obamacare. Pela minha faixa de renda, o meu seguro saúde aumentou barbaramente, tornando-se inviável (não sou rico, mas classe média = sem incentivos). Mas eliminá-lo sem alternativa vai afetar muito àqueles que pertencem a classe mais baixa. Irresponsável.


Comparem o Trump com o Lula que fala como a Dilma. É o que mais se parece.

Digo tudo isto, pois moro nos USA há mais de 20 anos e sei o que se passa.