sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Polícia do Rio confirma assassinato de embaixador da Grécia. Mulher, brasileira, carioca, é suspeita.

A Polícia Civil confirmou a morte do embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis, de 59 anos. O corpo do grego foi encontrado num carro carbonizado e abandonado no Arco Metropolitano, anel viário da Região Metropolitana do Rio, na entrada de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, segundo informações do RJTV, telejornal da TV Globo.

A motivação do crime teria sido passional. Segundo o telejornal, o delegado responsável pelas investigações já pediu à Justiça a prisão de quatro pessoas que teriam planejado o assassinato, entre elas a mulher brasileira do diplomata, a embaixatriz Françoise de Sousa Oliveira Amiridis (foto), e o policial militar Sérgio Gomes Moreira Filho. O policial teria um relacionamento amoroso com Françoise. Os outros dois suspeitos do crime não tiveram os nomes revelados.

A versão inicial, segundo a qual o diplomata teria saído sozinho em um carro que alugara, seria mentirosa. A vítima teria sido morta na casa onde estava, em Nova Iguaçu, e seu corpo retirado de madrugada.

13 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

Mais uma Magda Koenigkan fazendo escola país afora.

Pelo menos lá no Rio não blindaram a viúva.

Em Brasília, a Polícia Civil do DF e o Ministério Público do DF insistiram em blindar a farsante viúva. Por que será?

Marcos Cavalcante, irmão de Marcelo

Diogo Zaddor disse...

O interessante nesta(s) história(s) é que os agentes do crime acham que ninguém saberá.
Bando de otário! Nem fazem ideia de como as coisas são...

Mordaz disse...

Passional é quando existe paixão. Não parece ser o caso. Parece que foi para ficar com a herança. Até pode-se duvidar deste "relacionamento amoroso com o policial" que pode ter sido apenas para achar alguém tolo o suficiente para estragar a sua vida.

Anônimo disse...

QUE VERGONHA DE SER BRASILEIRO, ESSA PUTA ASSASSINA MATOUNO VEIO GREGO PELO DINHEIRO, MAIS UMA VEZ SOMOS NOTÍCIA INTERNACIONAL...

sempre mais disse...

Amante. Eh.....tomara que passe o resto da vida na cadeia!!!! Vadia!

Anônimo disse...

Mais uma barbaridade que fecha com chave de ouro a desmoralização do Brasil em 2016.Em 13 anos de desgoverno o Brasil ficou desmoralizado, Economicamente, Moralmente e Futebolistica,ente, 7x1.Parece que está comecando uma mudança para melhor, a inflação está baixando, as bolsas melhorando e o Tite colocando o Futebol do Brasil mais respeitado.Moralmente vamos aguardar o desenrolar do Lava Jato e o rumo que o "novo" governo vai dar na Educação.

Anônimo disse...

Políbio,

Será que é amiga da Luisa Brunnet??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

JulioK

Anônimo disse...

A velha fórmula: brasileira, ainda mais carioca, quando se mete com homem com dinheiro ou algum tipo de posição, está só preparando o golpe. Daí é divórcio levando até as abotoaduras do cara ou, nas mais chinelonas, apagar o cara para tentar ficar com o patrimônio dele. Que genética bem desgraçada que se criou nesse lugar.

Anônimo disse...

A PUTINHA ASSASSINA VAI SAIR DA CADEIA EM NO MÁXIMO 3 ANOS E VIVER A VIDA COM OUTRO BANANA.

Anônimo disse...

Alguns gringos casam com cada percanta...essa dava para ver de longe o "naipe".

Anônimo disse...


Estes velhos deveriam ter é vergonha na cara, querem mulher mais nova mas não conseguem segura-las na cama, e não adianta apelarem para presentes caros e vida de princesa.
Frequentemente são noticiados casos desta natureza, onde os chifrudos matam ou são mortos, ou ainda tem que indenizar as espertas.
O certo é que não existe almoço grátis, se querem comer bem, então tem que pagarem.

Anônimo disse...

Mulher imbecil, mata o marido, um diplomata, pra ficar com um policial militar que recebe salário parcelado. Agora vai ficar sem dinheiro e passar o Ano Novo na penitenciária.

Anônimo disse...

Estranho a rapidez com que o caso foi elucidado.