Nas últimas 24 horas, um cidadão gaúcho é assassinado a cada 90 minutos, 24 horas por dia. Já foram 15 crimes.

As 11h28min, o editor já tinha registrado 8 assassinatos no RS, 5 deles na capital, desde ontem a noite, mas o jornal Zero Hora acaba de atualizar os números e encontrou 15  casos de gaúchos abatidos a tiros nas últimas 24 horas. 

Desde ontem a tarde, um cidadão gaúcho é abatido a tiros nas ruas da Capital.

Todos os assassinos foram para casa sem serem importunados.

Em todos os casos, a Brigada chegou depois dos assassinatos. 

Nas últimas 24 horas, um cidadão gaúcho é assassinado a cada 90 minutos, 24 horas por dia. 

E nada indica que a chacina não continuará, porque a polícia (Brigada, Polícia e FNS) sumiu das ruas do RS e não dá mostras de que reaparecerá neste final de ano.

As mortes ocorreram entre a tarde de sexta-feira e a manhã deste sábado. A ocorrência mais recente foi às 9h30min, em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. Um homem morreu após ser baleado no rosto, no Bairro Santo Afonso. Por volta das 8h, o corpo de um homem foi encontrado na Rua Octávio de Souza, no bairro Nonoai, na zona sul de Porto Alegre. Na Vila Jardim, zona norte da Capital, perto das 9h, um homem foi morto a facadas dentro de uma casa na Rua São Leopoldo
Às 6h, em Viamão, dois homens foram mortos na Rua Alferes, no bairro Aparecida. Elas foram identificadas como Luís Fabiano Santos de Souza, 35 anos, e Kleber Souza dos Santos, 19 anos, ambos sem antecedentes criminais. Um homem foi morto a tiros na madrugada desse sábado na Rua Luciana de Abreu, em Magistério, no Litoral Norte. A vítima foi identificada como Ezequiel Oliveira Sebajes.  O apenado Cleiton Lassaraca, 25 anos, morreu atingido por golpes de uma faca artesanal, em uma cela da Penitenciária Modulada de Osório, pouco depois da 1h30min.  Uma mulher de 64 anos foi assassinada em um assalto, na noite dessa sexta-feira, no Bairro Lindoia, em Pelotas. Segundo a Polícia Civil, ela havia acabado de descer do ônibus quando foi abordada por dois homens armados. Dois moradores de rua foram esfaqueados, no começo da madrugada deste sábado, em Santa Maria. As duas vítimas foram atingidas na Rua Silva com a Independência. Em Gravataí, ocorreram dois homicídios e duas tentativas de homicídio entre o final da tarde dessa sexta-feira e a madrugada desse sábado.

Desde a tarde dessa sexta-feira, outras seis pessoas foram assassinadas na Região Metropolitana.

4 comentários:

Anônimo disse...

E a revisão do Estatudo do Desarmamento dormindo em berço esplêndido no Congresso, assim como a Lei da Maioridade Penal.Será que realmente esse Congresso nos representa?

Mr. Lincoln disse...

Não é cidadão gaúcho que é morto a cada 90 minutos, cara, é traficante!Então está bem.

Anônimo disse...

Abriram o açougue e carne de gringo com polenta está em alta.

Anônimo disse...

Onde está a tal FNS?? Não tinha vindo para socorrer o RS deste inferno?