quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Não esqueçam: a Braskem é a dona do Polo Petroquímico de Triunfo

A Braskem, grupo Odebrecht, citada como corruptora nos EUA e Suíça, mas também no Brasil, é dona do Polo Petroquímico de Triunfo.

Os malfeitos da companhia no RS serão conhecidos quando for divulgada a íntegra da delação premiada de Alexandrino Alencar, a ponta de lança da Braskem da Odebrecht no RS. Alexandrino foi membro do Conselhão do Tarso, convidado pessoalmente pelo ex-governador, mas também foi diretor da Fiergs e da Federasul, pelo menos até ser preso por corrupção em Curitiba.

4 comentários:

Anônimo disse...

A compra do Polo foi muito suspeita................. Que volte pro RS. hahahahah

Anônimo disse...

Alexandrino deverá estar com o saco inchado,de tanto que essa gente lhe puxou.
Principalmente o "comunista"Grilo Falante.
É assim que eles (PT)não gostam de burguês.
Gostam,sim.Amam.
É lá que tá o dinheiro.
Aliás,na lingua deles,não é assim que se diz.
Mas sim,PICHULECO.
Eles tem dicionário próprio das esquerdas

Anônimo disse...



Com o rabo preso os políticos não querem saber do assunto.

Infelizmente estamos na Província de São Pedro do Sul, onde é comum ter que reclamar para o padre, na ausência das autoridades.
Esta reforma de governo promovida pelo Polenta, tem algo a ver com o financiamento de campanha de seus asseclas, que ora ocupam postos chaves no Palácio Piratini.
O problema está no fato de a Justiça ser lenta, talvez por ser cega movimente-se muito devagar.

Anônimo disse...

isto ja devEria ter sido investigado o lamaçal do desGoverno pt aí é TREMENDO TAMBEM