sábado, 10 de dezembro de 2016

Motorista do Uber é atraído para cilada e leva tiro na cabeça em Porto Alegre

Ontem, sexta-feira, o prefeito José Fortunati promulgou a lei que legaliza os serviços do Uber em Porto Alegre.

Um motorista gaúcho do Uber foi chamado nesta madrugada ao Jardim Leopoldina, Zona Norte, e lá foi baleado na cabeça. Ele conseguiu fugir e acabou socorrido por um colega, que o levou à emergência do Hospital São Lucas, avenida Ipiranga.

A Brigada e a Polícia Civil investigam o crime, mas não possuem pistas.

O motorista do Uber não corre risco de vida.

5 comentários:

Unknown disse...

Só a OAB pode nos salvar... quá, quá, quá!!!

Anônimo disse...

O correto não é:
"Não corre risco de morte ???? Pois ele esta vivo"

Judiciário:
Enquanto tiver o semi aberto vai ser assim, todos soltos !!!

Anônimo disse...

Foi o " welcome" para o UBER. Na certa , a arma foi empunhada por um concorrente . Quem será ???

Anônimo disse...

Os primeiros suspeitos sempre são os taxistas. Muitos são bandidos. Esperamos que a justiça esclareça o caso e fico na esperança de que desta vez não tenha sido um crime cometido por taxistas.

Unknown disse...

Que bandidagem!