sábado, 31 de dezembro de 2016

‘Lula nunca gostou de mim’, diz Marcelo Odebrecht a procuradores da Lava Jato

A revista Veja que já está circulando com Marcela Temer na capa, conta na sua ediçãso deste final de semana que ao perceber que nunca mais ocuparia a cadeira de presidente da companhia,  Marcelo Odebrecht, preso em Curitiba, desafiou o pai e definiu sozinho o que diria à força-tarefa da Lava Jato na delação da qual fazem parte o próprio velho Emílio e mais 77 altos Executivos.

Leia trecho da reportagem de  Bruna Narciz:

Marcelo Odebrecht decidiu atravessar o samba no segundo dia das conversas com procuradores da Lava Jato que precederam sua delação. Indagado a respeito de suas relações com o ex-presidente Lula, respondeu: “O Lula nunca gostou de mim. Quem sempre tratou de tudo com ele foram o meu pai e o Alexandrino (Alencar, diretor de relações institucionais)”. A resposta não estava no roteiro que advogados da empresa haviam traçado diretamente sob a batuta de Emílio Odebrecht, o pai de Marcelo. Por essa estratégia, Emílio seria poupado de maiores responsabilidades nos malfeitos da empresa, da mesma forma que executivos-chave como Pedro Novis, ex-presidente do conselho da Braskem. Já Marcelo tomaria para si a parte mais pesada da culpa.

Naquele dia em que disse não ser próximo de Lula e apontou o dedo para o próprio pai, Marcelo implodiu de uma vez as pontes que ainda o ligavam à empresa. Aos gritos, desafiou os advogados Theo Dias e Adriano Maia — o primeiro, contratado pela Odebrecht, e o segundo, diretor jurídico da empreiteira. Ambos participavam da conversa com os investigadores, juntamente com a irmã de Marcelo, Mônica, e o também advogado Luciano Feldens — contratado pessoalmente por Marcelo depois que ele passou a achar que estava sendo prejudicado na divisão da culpa. A rebeldia do primogênito da família não apenas selou o seu distanciamento da Odebrecht como também deixou claro que a relação com Emílio, seu pai, que sempre havia sido turbulenta, chegava ao seu pior momento.

15 comentários:

Anônimo disse...

Esse emílio é mesmo um fdp - legou ao filho uma empresa que corrompia governos; uniu-se ao maior ladrão de todos os tempos - lulladrão - para saquear o Brasil, especialmente a Petrobrás e para mantê-lo no poder indefinidamente, para continuação do seu propósito criminoso de enriquecimento ilícito (de ambos) e agora que foram "descobertos" pela Lava Jato, deixa ao filho o papel de bucha de canhão, fazendo-o assumir a maior parte da culpa, enquanto ele só faz bravatas, como aquela de que se MO não fosse libertado, poderiam preparar uma cela para ele, lulladrão e dilmandioca. Como sabemos estas celas continuam a espera de seus ocupantes, mas não pela delação de emílio, pois ele não passa de um covarde falastrão. Faz bem, Marcelo, em revoltar-se e detonar de vez esta organização criminosa!

Anônimo disse...

Quem não conhece a história está condenado a repetir os erros. O Grande Embusteiro nunca gostou de ninguém a não ser dele próprio. Brizola dizia que o mais honesto pisaria no pescoço da mãe pra subir. Quem se aproxima dele cedo ou tarde se arrependerá pois ele abandona os feridos.

Anônimo disse...

Emílio iria passar toda a responsabilidade para o filho ?

Corrupção empregada pela empresa vem a décadas, Marcelo provavelmente era um fantoche nas mãos do pai, empresas familiares são assim mesmo, só existe um mandante os outros são só para dar a impressão que decidem alguma coisa.

E isso acontece independentemente do porte da empresa familiar.

Fernando Bender disse...

Marcelo renasce das cinzas e começa a construir uma imagem bem recebida pela população. Faço votos que se regenre e recupere-se. Abraços.

Anônimo disse...

Nessa história toda, ninguém gosta de ninguém, apenas jogos de interesses que prevalecem, cada um puxou a brasa para suas sardinhas e o povo ficou sem sardinha e com a brasa sobre a cabeça.

Anônimo disse...

Em todas as quadrilhas, isso são lições da história, qdo pegos nas roubalheiras, eles(os assaltantes do dinheiro público) começam a se ""autodevorarem s si próprio"". Ninguém é culpado. O MAIS HONESTO E ÉTICO HABITANTE DESTE PLANETA E TALVEZ DA GALÁXIA, ainda está solto. Toda a cúpula do partido delle está numa prisão e elle proclama honestidade.

Anônimo disse...

Guerra de bandidos da pior espécie todos torcemos para que dê empate, ou seja, os dois lados se f.........

Emmanuel Carlos disse...

Mas ... alguém ainda tinha dúvidas acerca de quem era o chefão?

Anônimo disse...

Interessante. É hora de investir na delação do pai. Deve saber muito.

Anônimo disse...

Que bom, isso tira da cacunda do lula a pexa de ter beneficiado e se beneficiado da odebrech.

Resta aos coxinhas se enforcarem em um é de cebola.

Anônimo disse...

TEMER CUMPRE PROFECIA DE ACM E VIRA MORDOMO DE FILME DE TERROR:

31/12/2016 - Brasil 247

Empossado numa sexta-feira 13, a do dia 13 de maio de 2016, Michel Temer fez jus ao apelido dado pelo ex-senador Antonio Carlos Magalhães e se transformou em autêntico "mordomo de filme de terror", apelidado dado a ele pelo político baiano; nos quase oito meses de seu governo (que ele diz em propaganda serem quatro), Temer já serviu na bandeja o pré-sal brasileiro a empresas estrangeiras, já impôs uma reforma do ensino por medida considerada inconstitucional pela Procuradoria-Geral da República, enviou uma reforma constitucional que acaba com a aposentadoria de 70% dos brasileiros e ainda demitiu seis ministros envolvidos em escândalos de corrupção – e isso antes das delações da Odebrecht...

Anônimo disse...

PSDB tenta novo tapetão contra Lula-2018:

31/12/2016 - Brasil 247

Depois de liderar o golpe de 2016, ao não aceitar sua quarta derrota seguida numa eleição presidencial, e de apostar todas as fichas na condenação judicial do ex-presidente Lula, para impedi-lo de concorrer em 2018, o PSDB tira uma nova carta da manga para voltar à presidência por meio de um tapetão; uma proposta de emenda constitucional apresentada pelo senador Paulo Bauer (PSDB-SC) impede que quem já chefiou o executivo duas vezes – como é o caso de Lula – possa voltar a concorrer; a PEC, na realidade, explicita o medo do PSDB diante da possibilidade da volta de Lula...

Anônimo disse...

No El País, pesquisa mostra que controle ideológico no MP começa cedo:

31/12/2016 - Brasil 247

Quem acha que o Ministério Público vive numa redoma de pureza política e independência ideológica deve ler a pesquisa, publicada pelo El País, sobre os mecanismos – mais que de controle -de conformação conservadora aplicados sobre os procuradores, realizado pela Conectas; reportagem de Daniel Mello e Eliane Gonçalves, da Agência Pública, revela como se forma o perfil conservador dos integrantes do Ministério Público de São Paulo e e que ajuda a explicar as escandalosas diferenças de tratamento entre a tosca manifestação dos procuradores-patetas no caso do apartamento que teimam em atribuir a Lula e a dormência que marca a apuração dos desvios bilionários do cartel dos trens, por exemplo...

Anônimo disse...

O molusco não gostava de Marcelo porque queria ser tão rico quanto ele e talvez tenha conseguido isto, porém vai ter que sempre esconder tudo o que tem, por isto o monstruoso laranjal e cipoal de bandidos que cerca este elemento. Por falar nisto, o ronaldinho da família ainda continua no Uruguai?

Anônimo disse...

ladrão com valores muito altos.
Espero que fique preso muitos muitos muitos anos.