sábado, 10 de dezembro de 2016

Eis o crime cometido por Dilma Roussef para melar a Lava Jato

Na delação de 82 páginas (leia a íntegra no link a seguir) feita ao pessoal da Lava Jato, o delator Claudio Melo Filho contou em detalhes como o governo Dilma Roussef elaborou a Medida Provisória da Leniência. Ela foi escrita pela Odebrecht para melar a Lava Jato.

Na época, o editor denunciou a manobra de Dilma e Lula para obstruir a Justiça.

Ambos vão pagar caro, agora, pelo crime, porque as provas aparecem abundantes. 

Segundo o delator Cláudio Melo Filho, esse golpe contra a Lava Jato foi acertado entre Emilio Odebrecht e Jaques Wagner, ministro da Casa Civil de Dilma Rousseff.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre isto e muito mais. O link publica o texto completo da delação de 82 páginas.

6 comentários:

Anônimo disse...

A GLOBO E AGLOBO NEWD NAO MOSTRAM NADA NADA DA DILMA LESA PATRAIA NEM A MIDIA VERMELHA DIZEM Q ELA NA SABIA DE NADA, JORNAL NACIONAL ONTEM D NOVO A BLINDOU... - POUCA VERGONHA

Anônimo disse...

Esta senhora tem de ir para cadeia. Foi retirada pelo impeachment e fica por aí cantando de galo e defamando o Brasil, dizendo que foi golpe. Que se cumpra as leis e pague por seus crimes que indiscutivelmente prejudicou todos os brasileiros.

Mordaz disse...

Teori vai dizer que não valem.

Anônimo disse...

Pragmatismo POLITICO

01/APR/2016

Procurador da Lava-Jato diz que PT é o único que não impede investigações:

Procurador da Lava Jato surpreende ao admitir que os governos Lula e Dilma foram os únicos que não impediram investigações: “Aqui temos um ponto positivo que os governos do PT têm a seu favor. Boa parte da independência do Ministério Público e da Polícia Federal decorre de uma não intervenção do poder político, fato que tem que ser reconhecido. Os governos anteriores realmente mantinham o controle”

O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-­tarefa da operação Lava Jato, disse esperar que a operação siga com independência para atuar.

Numa palestra proferida ontem em São Paulo, o procurador afirmou que o PT, nos quatro mandatos na Presidência – Lula e Dilma – fortaleceu e deu autonomia à Polícia Federal e ao Ministério Público.

Confira trecho de sua palestra: “Um ponto positivo que os governos que estão sendo investigados, os governos do PT, têm a seu favor é que boa parte da independência atual do Ministério Público, da capacidade administrativa, técnica e operacional da Polícia Federal decorre de uma não intervenção do poder político”, disse.

“Isso é importante, é um fato que tem que ser reconhecido, porque os governos anteriores realmente mantinham controle das instituições. Nós esperamos que isso esteja superado.” (...)

COMBINARAM COM O MPF? Tem denuncia contra Dilma?

Anônimo disse...

ESTADÃO

Moro recomenda leniência para empreiteiras da Lava Jato:

Na sentença em que condena ex-executivos da cúpula da Camargo Corrêa, juiz federal avalia pacto como 'a melhor solução considerando questões relativas a emprego, economia e renda'
Redação

21 Julho 2015 - Ricardo Brandt, Julia Affonso e Fausto Macedo

O juiz federal Sérgio Moro recomendou à Camargo Corrêa – uma das empreiteiras alvo da Operação Lava Jato por cartel e corrupção em contratos da Petrobrás – que ‘busque acertar sua situação’ por meio de acordo de leniência junto ao Ministério Público Federal, Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), Petrobrás e Controladoria-Geral da União (CGU).

PARECE QUE A DILMA não está sozinha nessa, afinal o próprio Juiz MORO de Primeiro grau é a favor do "acorde de leniência".

COM ESSA O EDITOR, os blogueiros limpos botem a mala no saco que bico calado não entra mosca.

Anônimo disse...

Uma perguntinha : as penitenciarias gauchas tem pistas para andar de bicicleta ????