Análise, Ricardo Bergamini - Os servidores públicos provam que são os verdadeiros donos do Poder

No RS, conforme percebe-se nas votações da Assembléia neste momento, as corporações e seus aliados comunistas rugem com ferocidade, mas sofrem derrotas acachapantes e são obrigadas a ceder recursos para que a imensa maioria da população passe a contar com, serviços públicos melhores,

Está oficialmente instalada a “República Corporativa do Brasil”, assim sendo, somente restará aos 93,61% da população restante da sociedade brasileira aumentar o seu sofrimento para pagarem aos intocáveis:

- Um grupo de trabalhadores de primeira classe (servidores públicos) composto por 13,3 milhões de brasileiros (ativos, inativos, civis e militares) que representam apenas 6,39% da população brasileira, sendo 2,2 milhões federais, 4,6 milhões estaduais e 6,5 milhões de municipais gastaram em 2015 o correspondente a 14,98% do PIB. Esse percentual representou 46,18% da carga tributária que foi de 32,44% do PIB em 2015.

Isto ficou claro na decisão da Câmara dos Deputados, que ontem contrariou o governo e aprovou projeto de renegociação da dívida dos estado, suprimindo as exigências de contrapartida, no caso as medidas de corte de gastos e ajuste fiscal pelos estados. 

CLIQUE AQUI para ler mais.