Paulo Bellini, o homem que fundou a Marcopolo e apostou nas pessoas, morreu ontem, aos 90 anos

O publisher do blog e newsletter Brazil Journal, Geraldo Samor, faz hoje uma consistente homenagem ao empresário ga´pucho Paulo Bellini, que ajudou a fundar a Marcopolo e a transformou numa das maiores fabricantes de ônibus do mundo. Ele morreu ontem aos 90 anos.  Era um ídolo na empresa e em Caxias do Sul, a cidade onde nasceu e prosperou. 

Leia tudo:

Bellini deixa como legado uma companhia industrial forte num mundo em que as indústrias estão morrendo; um negócio familiar que já atravessou 68 anos de crises no País e ainda se internacionalizou; e uma cultura empresarial baseada ao mesmo tempo na capacidade individual e no mérito coletivo.

Sua frase favorita era: "Meu time faz acontecer.”

“Ele era um homem simples, carismático, de fácil relacionamento,” diz o CFO José Antonio Valiati, na empresa há 37 anos. “Ele acreditava na valorização do ser humano e que todo o resultado passava pelas pessoas."


O maior acionista individual da empresa, Bellini já estava afastado do dia-a-dia da Marcopolo desde 2012, quando assumiu o título de presidente emérito. Mas continuava indo ao trabalho todo dia para lidar com com os temas que lhe eram mais caros: gente e cultura organizacional.  Toda a gestão da Marcopolo hoje é profissional, e sua morte não tem repercussões sucessórias.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

8 comentários:

Anônimo disse...

GRANDE PERDA A MARCOPOLO COM a fabricaçao de ONIBUS contribuiu muito pro pais

Anônimo disse...

RIP, Sr Paulo Bellini , um nome que orgulha sua cidade, seu Estado e o País .!!!

Anônimo disse...

EMPREENDEDOR....PRODUZIR GERAR RIQUEZA, VISÃO DE NEGOCIO, COLABORADOR DOS ASSUNTOS SOCIAIS, EXEMPLO A SER SEGUIDO...UM BRILHANTE EMPRESARIO... 12 MIL FUNCIONÁRIOS... A SEGUNDA MAIOR FABRICANTE DE ÔNIBUS DO MUNDO...

04 GIGANTES EMPREENDEDORES E DESBRAVADORES DA INDUSTRIA DE CAXIAS DO SUL.
-ABRAMO EBERLE- EBERLE (falecido)
-FRANCISCO STÉDILE - AGRALE/FRAS-LE (falecido)
-PAULO BELLINI - MARCOPOLO (falecido)
-RAUL RANDON -

OS EXEMPLOS FICAM...MAS INFELIZMENTE O BRASIL DOS ÚLTIMOS ANOS NÃO AJUDA....




Anônimo disse...

Grande personagem caxiense, trabalhador, empreendedor que deixou um legado sem par. Como outros colonos fizeram e produziram uma história que serve de exemplo a todo empreendedor que acredita no trabalho. Era primo de minha mãe que nasceu no mesmo ano. Eu como caxiense e descendente de italiano tenho orgulho em ver ao ônibus da marco Polo em todo o mundo. Esse entre outros merece todas as homenagens. Seu pai como o meu trabalharam na Eberle o nascedouro da indústria metalúrgica do RS.
Vada em pace!
Joe Segalla Robinson

Anônimo disse...

Ao senhor Robinson,meu reconhecimento pelo importante depoimento.
É bonito poder fazê-lo.
Meus parabéns pelo privilégio de ter intimidade com tão importante pessoa da indústria da cidade de Caxias do Sul.
Sou fronteiriço,e admiro a força de trabalho dos oriundis.
Eles receberam as piores terras do RS e as transformaram nas mais rendosas.
Por isso,temos que nos orgulhar em ter no nosso solo,gente tão trabalhadora.
Fizeram uma Itália no RS.

Anônimo disse...

Pibo, por favor, pública no teu blog a entrevista que tu fez com ele pra exame.

Roberto disse...

Certamente não "trabalhava" para o Governo.

Anônimo disse...

Tudo isso, esse orgulho brasileiro, sem roubar um tostão do povo.
Pena que homens como o sr. Bellini são escassos no Brasil.
Temos Joesleys e Wesleys, Lulas e Temers, Dilmas e Odebrechts demais.
Interessante que o sr. Bellini fez da Marcopolo a maior ou uma das maiores do mundo e a mídia sequer deu a devida projeção. Honestidade no Brasil não merece atenção por parte da imprensa, do rádio ou da televisão. Lamentável!