Copel, a CEEE do Paraná, quer captar R$ 4 bi com venda de ações

Ao contrário da CEEE, a Copel é uma empresa saudável. 

A estatal paranaense de energia Copel deslanchou um plano para fazer uma oferta de ações na qual pretende captar cerca de R$ 4 bilhõe. A operação deve reforçar o caixa da elétrica e pode, no limite, levar a uma diluição da participação do governo do Paraná. 

A Copel pediu que bancos e escritórios de advocacia interessados em assessorá-la apresentem propostas até esta sexta-feura, prazo fatal.

8 comentários:

Anônimo disse...

Quem irá comprar ações de estatal lixo?

Anônimo disse...

Ocorre caro editor, que a Copel do Paraná , assim como a Cemig de Minas Gerais nunca permitiram nos seus quadros indicações políticas ! Essa é a brutal diferença !

Anônimo disse...

Editor, tu sabes muito bem que a CEEE é viável. Encampas a idéia do governador apenas por motivos ideológicos.
Independentemente da posição ideológica, existem fatores que precisam ser melhor esclarecidos:

1) Porque trocar as estatais por carência na dívida? Vais empurrar o problema para o próximo governo? Enquanto isso, os juros continuam, ou seja, a dívida aumentará ao final do período de carência.
2) com a privatização o Estado terá que absorver TODOS os ex-autárquicos na folha, em outras palavras haverá aumento de 200 milhões anuais na folha de pagamento do Estado.
3) o maior credor da CEEE, hoje, é a fundação de previdência privada. Com a privatização, quem pagará essa dívida de mais de 1 bilhão? Certamente, o estado via justiça, ou seja, nós contribuintes.

O melhor a fazer, no caso da CEEE, é seguir o plano de recuperação, que diz respeito à venda de ativos "non core" e usar estes recursos nas operações principais da companhia, fato que, irresponsavelmente foi recusado pelo conselho a mando do governador. Veja: o Estado não entraria com nenhum centavo, o governador deveria responder à população tamanha irresponsabilidade.

Anônimo disse...

Enquanto isso pagamos tarifas altíssimas e salários e vantagens descabidas até na Alemanha. Ou seja sofreremos por equívocos (
?) cometidos por picaretas que nem moram mais no Brasil.

Anônimo disse...

Boa noite Editor.
Todo mundo sabe do teu partidarismo exacerbado em relação ao governo estadual, deixas bem claro com tua parcialidade brutal, exposições com argumentos frágeis baseados e informações tendenciosas.

Anônimo disse...

TodasEstatais GAUCHAS, são dirigidas pelo esquerdismo retrógrado que existe nos bombachudos do sul.

BACARIA

Anônimo disse...

A CEEE só importa para a Grande Porto Alegre e litoral. É um tema irrelevante para o resto do estado.

Anônimo disse...

se conhecesses teu estado, saberi as que a ceee-gt está em todo o Rio Grande