Artigo, FHC, Estadão - Sair da crise

Dá para ter esperança, sempre com o pé no chão e o olhar no horizonte

Dizer que jamais se viu crise tão grande como a atual é lugar-comum. Mas é verdade, pelo menos quanto à crise política. Ela advém de muitos fatores e todos deságuam na falta de confiança que alcançou boa parte da chamada “classe política”, parte do empresariado e da administração pública. A Operação Lava Jato apenas mostrou um conjunto impressionante de ilicitudes, não foi causadora delas. Mas a percepção de que há muita coisa podre na vida político-governamental aumentou o desânimo e a desconfiança das pessoas.

Os desatinos dos governos lulopetistas nos últimos anos provocaram a crise econômica e desorganizaram as finanças públicas. Resultado: cerca de 14 milhões de desempregados. É com vista a esses e aos muitos milhões mais de brasileiros incertos quanto a seu futuro que o País precisa retomar o crescimento econômico. Para isso, entretanto, é necessário buscar saídas para os impasses políticos, senão eles atrapalharão as saídas econômicas e podem impedi-las.


O Congresso pode melhorar o sistema partidário.

CLIQUE AQUI para ler mais.

14 comentários:

RICARDO disse...

FHC é o petralha afeminado, pois o psdb é isso.

Anônimo disse...

Este paspalho se comporta como se não fosse coadjuvante neste projeto de poder da esquerda e do Foro de São Paulo e do Pacto de Princeton. Tomatam conta, através da estratégia das teseuras de todo os espectro político e agora vem com este papo de cláusula de barreira para garantir a sobrevivência de seu partido (PSDB) e dos demais (PT E PMDB) que destruiram o país, numa clara intenção de evitar que surjam novos partidos decentes neste momento em que a população acordou para a bandalheira nas entranhas do poder.VTnoC antes que eu me esqueça.

Carlo Germani disse...

Já passou da hora do comunista de carteirinha,Fernando Henrique Cardoso (vulgo FHC) desencarnar.

Ele e a outra nulidade humana e política,Lula,são empecilhos para que a sensatez se instaure na política brasileira.

Anônimo disse...

Caro Políbio
Todo o meu desprezo a FHC e ao seu partido. Cala a boca, FHC!

Anônimo disse...

Se queremos sair da crise basta abandonar o socialismo fabiano, reduzir impostos e acabar com a impunidade no país !

Anônimo disse...

Na presidência foi um estadista, apesar de frouxo. Sua inclinação esquerdista lhe tem retirado a credibilidade conquistada pelos êxitos de seu governo no combate a inflação, modernização do Estado, Lei de responsabilidade fiscal e nas privatizações. Ainda assim, sua imposição como politico e culto, o fazem referência nesse cenário estéril produzido pelo PT.

Anônimo disse...



O senador Aluísio Nunes é um traidor do Brasil, que fez esta barbárie de lei da Imigração, que deveria se chamar Legalização do Entreguismo.

Todos os bandidos do Congresso e do Planalto, como Aluísio Nunes e seus cúmplices no Senado, como o ladrão-presidente do Brasil, o libanês Michel Temer e seus ministros notáveis-bandidos,
NÃO FIZERAM NENHUMA LEI QUE PROTEJA O POVO SOBERANO ROUBADO.

O povo brasileiro está sendo roubado de todas as maneiras: seu voto nas criminosas urnas eletrônicas, seu salário, seu território com ouro e minérios (através do criminoso projeto bolivariano de Imigração), sua aposentadoria, sua saúde, sua segurança, e o futuro de seus filhos e netos.

jorge.alves ribeiro disse...

Esse FHC devia ficar calado, ele foi um dos responsáveis pela tomada do poder pelo PT, devido ao seu péssimo segundo mandato, principalmente, sem contar que comprou deputados e senadores para mudar a Constituição e ter a reeleição.Sem contar que vendeu estatais a preço de banana. Não sei porque ainda dão espaço na mídia para essa pessoa.

Anônimo disse...

Sair da Crise as custas do assalariado? Logo FHC que se aposentou aos 37 anos como professor na USP?

Anônimo disse...

Durante o governo ITAMAR FRANCO, FHC fugiu várias vezes da equipe que elaborava o Plano Real, que foi uma das tantas vezes nas quais o Brasil
chegou na HORA DA ONÇA BEBER ÁGUA! FHC FUGIU, FUGIU e FUGIU!!!
E o ITAMAR FRANCO a cada fuga de FHC chamava este äs falas, injetava uma dose de brios cavalar no FUJÃO até que o Plano Real foi concluido e obteve um sucesso como nenhum outro plano econômico teve no Brasil.
Portanto, FHC participou da elaboração do Plano Real como mero ASSISTENTE
INVOLUNTÁRIO E FORÇADO por ITAMAR FRANCO, que se no lugar de FHC ele tivesse colocado um poste como DILMA ROUSSEF o resultado teria sido o mesmo, pois calado até um poste teria uma grande utilidade só em não atrapalhar.
Feito o PLANO REAL, FHC assumiu o papel de PAI DA CRIANÇA, paternidade
da qual só participara agarrado a força, forçado, apertado pelo ITAMAR FRANCO. A conclusão após todos os fatos do Plano Real para cá é que FHC
estava certo ao fugir da elaboração do PLANO REAL, pois mostrar serviço
NA HORA DA ONÇA BEBER ÁGUA nunca foi coisa para ele, que não aprendeu ATÉ HOJE que a sua especialidade que é DAR PALPITES É UMA COISA e PEGAR O TOURO PELOS CHIFRES É OUTRA, pois na hora AGÁ FHC TREME AS PERNINHAS, AMARELA!!!!

Unknown disse...

¿Por qué no te callas?

Anônimo disse...



Além de pedir para "esquecer o que escrevi", de chamar "aposentados de vagabundos", de instituir o famigerado "fator previdenciário" e de dar proteção a elle no mensalão, poderia o colunista do Estadão, preocupado com os rumos do País, manifestar-se sobre a matéria, de hoje, abaixo transcrita:

Ordem era abafar
Presidentes do PMDB, PSDB e PT barraram CPI de Simon para investigar corruptores. Governos Itamar, FHC e Lula impediram sua CPI de empreiteiras
Publicado: 08 de maio de 2017 às 00:00 - Atualizado às 00:05


CPI DE EMPREITEIRAS PROPOSTA POR PEDRO SIMON FOI ESTRANHAMENTE BARRADA POR TRÊS GOVERNOS.

O Brasil deve homenagens e até pedido de desculpas ao ex-senador Pedro Simon (PMDB-RS), que lutou durante anos para criar a CPI das Empreiteiras (ou dos Corruptores), convencido de que era a chave para desmantelar o esquema de corrupção no País.

O bravo senador estava certo, como mostram as investigações da Lava Jato, mas a CPI sempre esbarrou no desinteresse dos governos Itamar Franco, FHC e Lula. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
A ira santa de Pedro Simon propondo a CPI das Empreiteiras começou em 1993, vinte anos antes da Operação Lava Jato.

Para Pedro Simon, após a CPI dos Anões (ou “CPI dos Corruptos”), era o momento certo para investigar os corruptores. Jamais conseguiu.

A CCJ do Senado, em 1995 presidida por Bernardo Cabral (AM), negou por 15x7 votos o desarquivamento da CPI dos Corruptores, de Simon.

Anônimo disse...

A ÚNICA CHANCE que o FHC teve para provar que ERA HOMEM, AMARELOU!!! Foi na
elaboração do PLANO REAL, quando o ITAMAR FRANCO colocou FHC na equipe e o
FHC VÁRIAS VEZES AMEAÇOU ABANDONAR O BARCO, FUGIR, quando o ITAMAR TEVE que
agarrá-lo pelo pescoço para NÃO FUGIR!!!
Na hora de BOTAR PARA CAPAR, FHC É UM AMARELÃO, já quando não é com ele,
FHC É UM BAITA PALPITEIRO!!!

Anônimo disse...


Tá torcendo para o tse caçar a chapa ella x temer para se apresentar como terceira via e assumir em uma eleição indireta.... era só o que faltava.