Aécio chocou Fachin e Janot. Em áudio, o tucano disse a Joesley: "A gente mata ele antes de fazer a delação".

O que mais chocou o ministro Edson Fachin, Rodrigo Janot e a PF, foi o que disse o senador Aécio Neves a respeito do primo Frederico Pacheco de Medeiros, encarregado de receber o dinheiro sujo da JBS. Ele é conhecido como Fred. Foi diretor da Cemig, nomeado por Aécio, e um dos coordenadores da campanha de Aécio a presidente da República em 2014.

Aécio Neves disse para Joesley, depois que pediu R$ 2 milhões, referindo-se a possíveis delações sobre o caso:

- Tem que ser um (possível delator) que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred com um cara seu. Vamos combinar o Fred com um cara seu porque ele sai de lá e vai no cara.