Votação da Reforma Trabalhista tem tudo a ver com a votação da Reforma da Previdência

Se tudo caminhar como tem se desenhado em Brasília, até o fim do ano essas serão as três principais marcas deixadas pelo curto governo de Michel Temer (PMDB):

1) Em questões trabalhistas, o que for negociado dentro de uma empresa entre patrão e empregado vai prevalecer sobre o que for legislado. 
2) O tempo para o trabalhador se aposentar pela Previdência Social pode chegar a quase cinco décadas se ele quiser receber o teto das pensões.
3) E a partir de agora, todas as atividades de qualquer empresa, pública ou privada, podem ser exercidas por funcionários terceirizados. 

O combo de reformas trabalhista-previdenciária (o que inclui a lei da terceirização recém-aprovada) será uma das principais mudanças legislativas desde a criação das regras que regulam o trabalho no Brasil.

CLIQUE AQUI para ler muito mais.É reportagem da edição brasileira do El País, hoje.

8 comentários:

Anônimo disse...

Não a reforma, o povo não pode pagar esse preço novamente.

EU ACUSO! disse...

Essa REFORMA é um CRIME lesa Pátria e Lesa Povo. O Brasil está sendo governado por bandidos ultra reacionários, junto a uma mega media mass, todos à soldo do grande capital; Doria e Geraldo são seus marionetes moldados para 2018.

Anônimo disse...

A conta sempre para os outros pagarem...

Não me culpem votei na Luciana, a esquerda honesta.

Anônimo disse...

Apoio a reforma proposta pelo governo, sem não houver os de sempre continuarão mamando na teta da jeito!

Anônimo disse...

CONFERÊNCIA DOS FRANCISCANOS CONVOCA FIÉIS PARA GREVE GERAL: Depois de bispos e arcebispos de vários estados brasileiros convocarem os seguidores do catolicismo a participar da greve geral, agora a Conferência Franciscana também se posicionou, convocando os fieis a se manifestarem nesta sexta-feira contrários às reformas de Michel Temer; "Convocamos os cristãos e pessoas de boa vontade, particularmente nossas comunidades, a se mobilizarem ao redor da atual Reforma da Previdência, a fim de buscar o melhor para o nosso povo, principalmente os mais fragilizados", diz divulgado pelos franciscanos.

Anônimo disse...

ARCEBISPO DE OLINDA E RECIFE CONVOCA POPULAÇÃO PARA GREVE GERAL: Em vídeo nas redes sociais, Dom Fernando Saburido convoca a população a participar da greve geral contra as reformas trabalhista e previdenciária marcada para sexta-feira 28; o arcebispo pediu que os "homens e mulheres de boa vontade" participem da manifestação; "A classe trabalhadora não pode permitir que os direitos arduamente conquistados, com intensa participação democrática, sejam retirados. Qualquer ameaça a estes direitos merece imediato repúdio", diz o líder religioso; no final de março, a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) já havia divulgado uma nota criticando o projeto de reforma da Previdência

Anônimo disse...

IGREJAS EVANGÉLICAS TAMBÉM DIZEM NÃO ÀS REFORMAS E CHAMAM PARA A GREVE GERAL: Depois da Igreja Católica, as Igrejas Evangélicas também assinaram um manifesto em que criticam as reformas Trabalhista e da Previdência propostas pelo governo Michel Temer e chamam a população para a greve geral do dia 28, que protesta contra a retirada dos direitos trabalhistas; pronunciamento oficial, assinado pelos presidentes e representantes das Igrejas Evangélicas Históricas brasileiras, critica diversos pontos das reformas

Anônimo disse...

PSB pula do barco de Temer. Blog Esmael.O Partido Socialista Brasileiro, o PSB, fechou questão contra as reformas da previdência e trabalhista antes que o velho Miguel Arraes e seu neto Eduardo Campos se virassem no túmulo.