O fim da revista Veja

A Editora Abril e a revista Veja foram personagens de falsa campanha publicitária (ao lado)veiculada no também falso jornal O Globo, que circulou por São Paulo nesta sexta-feira, 31. 

O impresso foi distribuído gratuitamente em alguns pontos da cidade com linguagem visual idêntica ao do veículo carioca e sátiras ao cenário político, Grupo Globo e aos anunciantes.


No caso da Veja, o anúncio diz que há 67 anos a Editora Abril vem “mudando tudo para que tudo fique como está” e que agora a empresa faz “jornalismo sem jornalistas”. As imagens apresentam o que seria a última capa da marca. “Encerramos. A última edição da melhor revista que o Brasil teve”.

15 comentários:

José Barros disse...

A pessoa que fundou a VEJA foi Mino Carta dono da revista Carta Capital. O que mudou?

Anônimo disse...

Eles (Veja) estão loucos atrás de assinantes, para fechar com dinheiro no bolso.

Mordaz disse...

Não seria primeiro de abril???

Anônimo disse...

É um fato grave, quem será que está por trás dessa mentira ???

Anônimo disse...

Sérgio Moro teve a CORAGEM de não retribuir o cumprimento de Jair Bolsonaro (a continência) com um simples aperto de mão. Vamos ver se ele terá a mesma CORAGEM para dar a tão sonhada SENTENÇA CONDENATÓRIA no Lula ! (o que já está passando da hora)

Anônimo disse...

Bem, esta gozação muito inteligente, bem que sabemos que é a pura verdade. Eu, estou solicitando o meu cancelamento de assinante da VEJA. Está muito fraquinha na luta que temos que ter contra LULA e o PT.

Anônimo disse...

Na verdade, depois da capa de hoje, que Aécio jura tratar-se de Fake News, a Veja perdeu sua importância e poderia ser fechada tranquilamente!!! Publicar notícia falsa, caluniando pessoas, baseado em dossiê petista, nesta altura do campeonato, é pra encerrar de vez as atividades!!!!

Anônimo disse...

Produto da mídia petralha, que ainda é alimentada com pixulecos. Eles ainda tem fontes de rendimentos. A Lava-Jato tem muito para avançar.

Anônimo disse...

A Veja vai terminar. A Internet será a grande responsável pela derrocada dos meios tradicionais de comunicação - jornais, TV e rádio. Não só a Veja será atingida mais todas editoras que usam formato impresso. Aqui na Província de São Pedro é só ver o a Zero Hora dominical, antes era enorme com vários cadernos, hoje jontara sábado e domingo em meia dúzia de páginas. Mesmo as TV à cabo ou satélites vão acabar, com a entrada de empresas tipo Netflix, Craque e outras, todas via internet. Isto tudo só se falando de tecnologia, mas as empresas tradicionais mantiveram um ranço e assumiram protagonismos políticos esquecendo da imparcialidade - o que seria pedir muito - as coisas mudam e quem não perceber a necessidade adequação aos novos tempos morrerá.

Anônimo disse...

se essa revisteca terminasse quem ganharia era o Brasil...é a tal que não serve nem para limpar a bun...a.

Anônimo disse...

Primeiro de abril!! Só a direitalha golpista segue esse lixo de revista.

Anônimo disse...

Agora que a revista inVEJA começa a denunciar as falcatruas do PSDB, em especial o aécio e sua sombra, digo, sua irmão o editor e blogueiros faXistas querem acabar com a Revista? É só fazer alguma denuncia contra o PSDB que eles saltam do sofá.

Mas não se preocupem, perante a Lava Jato da Republica de Curitiba, "por enquanto" o PSDB é "inimputável", mas por enquanto, porque o PSDB tende a cair junto com a República de Curitiba, obviamente se a Lei for "efetivamente para todos" porque por o ex-Delegado e ex-Dep Fed Protégenes perdeu o mandato de Dep Federal, perdeu a função pública e acabou preso por "vazamento" para a Globo. O juiz moro fez o mesmo, ou seja, mandou grampear a Presidente da República e vazou o grampo para a Globo na anti vespera da votação do impedimento de Dilma na Camara dos Deputados, sem tem competência para tal, e o pior, confessadamente.

Vamos ver se ainda existem "juizes" em Berlim, em homenagem aos milhares de Judeus mortos pelo nazismo, com direito a vistas grossas da justiça alemã.

Anônimo disse...

É mentira, mas que a Veja já foi a melhor revista do Brasil é verdade.

Anônimo disse...

A DIREITALHA ANTICOMUNISTA NÃO ACEITA MAIS O ANDRÉ PETRY DIRIGINDO A VEJA, POIS LUGAR DE COMUNA É NA CADEIA!

Mello disse...

Mello - 1º de Abril seus tolos! A VEJA continuará sendo a nossa baluarte na luta contra os corruptos identificados pela Lava Jato. Bilhões tirados da educação, saúde, segurança e estradas/infraestrutura e parece que os que os apoiam o fazem por serem também corruptos diários ao enganarem e roubarem de pessoas pobres e incautos/inocentes, incluindo familiares. Fazem como se fosse tudo normal. Quando a VEJA foi processada a partir do Mensalão?