quarta-feira, 19 de abril de 2017

Fábrica gaúcha de cuecas levou R$ 500 milhões de incentivos fiscais via Fundopem

O presidente do Sindicato dos Técnicos  do Tesouro do Estado do RS, Carlos Duarte, acha que só a CPI pedida pelo deputado Luís Lara, PTB, poderá esclrecer as circunstâncias relacionadas com a concessão de incentivos fiscais para a Braskem.

Braskem e empresas da área petroquímica do RS teriam recebido benefícios fiscais no valor de R$ 9 bilhões.

Existem casos mais estranhos, segundo Carlos Duarte:

- Uma empresa recebeu recursos via Fundopem, que levou R$ 500 milhões e é apenas uma fábrica de cuecas. Pior ainda: a fábrica ficava dentro de um shopping.

O Ministério Público junto ao TCE do RS pediu abertura de auditoria em todos os benefícios fiscais concedidos para a Braskem, mas isto poderá resultar numa devassa de casos semelhantes de todos os governos anteriores.

13 comentários:

Anônimo disse...

Mas da CPI do BADESUL os agentes do Ministério Público, da Receita Estadual, do Tribunal de Contas, Lara e cia, não querem nem ouvir falar...

Anônimo disse...

Depois vem uns recalcados aqui dizer que a culpa da quebradeira do RS é dos funcionários públicos concursados!

Anônimo disse...

E o Olívio exoulsou a Ford por bem menos.

Anônimo disse...

ELEITOR GAÚCHO GOSTA DE SER ENGANADO...
A perda de arrecadação por conta das isenções fiscais para os grandes setores da economia é em torno de 8,9 bilhões de reais. Acontece que esses setores financiam as campanhas eleitorais dos partidos que compõem a Assembléia Legislativa e também o ocupante do Palácio Piratini.

E mais,

Segundo pareceres de técnicos da Secretaria da Fazenda, o total de sonegação fiscal gira em torno de 7 bilhões de reais.

Mas o eleitor gaúcho festeja a extinção das fundações e estatais gaúchas, que irão representar uma economia de “incríveis” 130 milhões de reais ao ano.

Anônimo disse...

Trata-se de micro empresa (O FUNDOPEM/RS não discrimina o porte da empresa), que o valor aprovado é de R$ 560.803,71 (e não de 500 milhões).
Com relação ao local onde a empresa, instalou-se e passou a produzir está de acordo com a sua atividade (confecção - pequeno espaço) e adquiriu os equipamentos previstos no projeto (está regular). Até esta data, não usufruiu de nenhum valor de incentivo.

Anônimo disse...

Seriam aquelas cuecas especiais , de transporte de DÓLARES, do assessor do Dep Federal José Guimarães, do PT , irmão do " herói" José Genoino, ex-Presidente do PT ???

Anônimo disse...

Cuecas para levar dólar? ou Cueca blindada?

Anônimo disse...

Os petralhas idiotas, principalmente funcionários públicos, insistem em achar culpados pela situação do RS.
Fica claro que está mais do que provado que a despesa com o funcionalismo poderia ser cortada para menos do que a metade.
Quem viver verá logo logo os funcionários públicos recebendo os salários em SARTORIETAS ( lembram das BRIZOLETAS !!)

Anônimo disse...

Ao menos uma luzinha, de vaga-lume, no fim do TÚNEL!

ferrys disse...

a Ford não foi expulsa, te atualiza, inclusive foi processada e teve que devolver 200milhoes ao estado agora no ano de 2016. Bahh muito por fora...Isso que me indiguina

Anônimo disse...

Ferrys das 17,54. Não tenta defender o Exterminador do Futuro, o maldito PT do Olívio, expulsou a Ford, sim. Esse indivíduo travestido de governador, se recusou a negociar com a Ford(a Ford não tinha ainda feito nem terraplanagem em Guaiba), o ignorante do governador batia a porta na cara dos executivos da Ford. Ai o ladrão do ACM, governador da Bahia, resolveu oferecer todos os benefícios fiscais que o gov.Brito deu a Ford. Ela então foi prá Camaçari na Bahia e lá produz entre outros carros, o jipe Ecosport.

Anônimo disse...

Guapore, terra do Postal

Anônimo disse...

Como sempre digo o Editor tem um sério problema com números, e palavras também. Editor 500.000,00 <> 500.000.000,00. Só faltou o editor dizer que era uma fábrica de cuecas do PT.