Comissão de Ética da Presidência investigará Padilha, Kassab e Moreira Franco.

A Comissão de Ética Pública da Presidência decidiu nesta quinta-feira, por unanimidade, abrir investigação contra os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), Eliseu Padilha (Casa Civil) e Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações), por supostas infrações éticas no relacionamento com a Odebrecht.

A decisão foi tomada após duas denúncias, feitas pelos deputados petistas Afonso Florence (BA) e Robinson Almeida (BA), e por um advogado chamado Mariel Marley Marra.

Os três ministros terão dez dias para prestar esclarecimentos à Comissão a partir da notificação, que deve ser feita no sábado. 

3 comentários:

Anônimo disse...

O Padilha deve ser um dos maiores vigaristas que esse país já teve.

Anônimo disse...

Não dá nada, no governo temerário do traíra tá tudo dominado e não passa no JN.

Anônimo disse...

Isso será feito para legalizar a inocencia destes pilantras