Alexandrino Alencar diz que "Solução" (Maria do Rosário) recebeu R$ 150 mil para campanha de 2010. "Ela sabia que era caixa 2", disse o delator da Odebrecht.

CLIQUE AQUI para ouvir Alexandrino delatando Maria do Rosário.

Em 2010, o diretor de Relaçoes Institucionais da Odebrecht, Alexandrino Alencar,  relatou ter sido procurado pela deputada Maria do Rosário, PT, que queria apoio para se reeleger deputada federal. O codinome da petista nas planilhas da empresa era "Solução".
"
Fui procurado por ela, em Porto Alegre, e nós fizemos esse apoio, doando para ela 150 mil reais, em duas etapas. Nós fizemos essas doações via caixa dois, porque ela pediu e eu via nela um potencial importante no estado."

Alexandrino, que cuidava das propinas no RS, acrescentou:

"A nossa cota de doações oficiais já tinha terminado. Ela estava ciente de que iria receber isso via caixa dois e consentiu, tanto é que foi feito (o apoio financeiro)."

Quando assumiu o Ministério dos Direitos Humanos, destacou o delator, Maria do Rosário apoiou a Odebrecht em obras do Maranhão "nas questões de direitos humanos". Políticas do governo foram implementadas em obras da empresa.

5 comentários:

Anônimo disse...

E a VIRGEM CHORA.

Anônimo disse...

Não isto é injustiça, Maria sempre combateu o crime e os criminosos, sempre esteve a favor da população decente e ordeira que é abatida pelos bandidos, isto é um complô"!

Anônimo disse...

Tudo muito lindo,Maria do Caralho.Digo,Rosário.

Anônimo disse...

MARIA DO GRELO DURO AMOLECEU...

ERA DO GRELO DURO SÓ DA BOCA PARA FORA...

MARIA SANTINHA GOSTAVA DE PROPININHA

MARIA SANTINHA GOSTAVA DUMA GRANINHA...

A DESPEZA ERA GRANDE, ATÉ O CAOZINHO DAA FAMILIA PUXAVA UM FUMINHO!

COITADA, VAI TER QUE INVENTAR PARA SE SUSTENTAR.

Anônimo disse...

Dois momentos diferentes. Quando Maria do Rosário era Ministra dos Direitos Humanos do governo DILMA , era arrogante, poderosa, implacável com seus opositores, não os ouvia , quis provar que Jango havia sido assassinado e montou um cenário milionário, em SÃO BORJA / RS , com a contratação de uma dezena de médicos legistas estrangeiros, inclusive de cubanos, pois julgava que os médicos legistas brasileiros seriam comprometidos com o regime militar. Gastou milhões com o projeto e não comprovou o assassinato de Jango, como pretendia. Quando o PT começou a perder o prestígio , com a corrupção desvendada, o escândalo com a sua filha menor, que postava fotos que não deveria no Instagram , Maria do Rosário passou a VITIMIZAR-SE , uma tática comum , adotada pelos petistas, quando se encontram em " low profile " , com o prestígio em baixa .!!!