O governo Sartori não fala sério e assertivo sobre a repactuação da dívida com a União.

6 comentários:

Mordaz disse...

Falou e disse.

Anônimo disse...

Novidade alguma, nem durante a campanha falava sério, só risos e brincadeiras, como a do piso da tumelero.

Anônimo disse...

apoiado editor!!!

Anônimo disse...

Polibio, o sr acha esse acordo bom porque você é um velho e tem boa chance de bater as botas nos próximos 6 anos.

Se eu tivesse uma dívida alta com taxa de crédito rotativo jamais faria um acordo deste para a dívida seguir crescendo rapidamente, e ainda abrir mão da discussão judicial. É uma piada.

Esse governo incompetentemente será lembrado por décadas.

Anônimo disse...


É isso aí. Sartori é sádico, fascista. Sempre foi. Deve ter um recalque encruado, e se vinga fazendo mal pros outros.

Carcamano fascista, pessoa infeliz.

Anônimo disse...

Á situação do RS é como aquela piada do camêlo no deserto, a repactuação deve ser feita mas com renegociação do juros. Tem um artigo muito interessante sobre esse assunto do http://blog.kanitz.com.br/? " Nominalismo da dívida externa".


Chegou a hora de nossos políticos observarem como e por quê tem estados bem próximos a nós que não estão quebrados e unirem-se para uma solução que beneficie gerações futuras, pois problemas complexos não são resolvidos com soluções simples, e não podemos esquecer que estamos de passagem e que nossos decendentes vão sofrer ainda mais as consequências desse caos que está o RS.