Metade das obras da usina térmica Pama Sul (R$ 1,8 bi) já está pronta em Candiota

O Jornal do Comércio mandou seu repóerter Jefferson Klein até Candiota, tudo pra verificar o estágio das obras da usina térmica a carvão da Pampa Sul, o que comprova que não se trata de outro projeto para discursos de palanque.

Leia a reportagem;. O investimento na área é de R$ 1,8 bilhão, o maior em execução no RS.

 Apesar do grupo Engie estar procurando potenciais compradores para seus ativos ligados à geração de energia a carvão no Brasil, a construção da sua termelétrica em Candiota, a Pampa Sul, segue o cronograma para iniciar a operação até 1 de janeiro de 2019. Conforme a empresa, atualmente, 50% da implantação está concluída, considerando obras civis, montagem eletromecânica, linhas de transmissão, reservatório e correia transportadora de carvão. No momento, estão trabalhando na obra e nos serviços de apoio à implantação da usina 1,98 mil pessoas, sendo 50 funcionários da Engie e 1,93 mil das empresas contratadas. O valor investido no desenvolvimento da Pampa Sul, até 31 de dezembro do ano passado, foi de R$ 754 milhões e o total previsto ao término do empreendimento, tomando como base julho de 2014, é de R$ 1,8 bilhão.

CLIQUE AQUI para ler tudo.