Governo Sartori promete mais 400 brigadianos para uso imediato em Porto Alegre

A Brigada sumiu das ruas de Porto Alegre. A população é refém de ladrões, sequestradores e assassinos, sendo caçada e morta como gado no meio da rua. A vinda desses homens novos só terá sentido se forem para as ruas, armados e equipados até os dentes, dispostos a matar e morrer para defender a vida e o patrimônio dos que estão pagando seus salários e seus serviços.

Se não for apenas blefe, como tem acontecido com o desembarque de "poderosos" contingentes da Força Naiconal de Segurança, poderão mesmo chegar à Capital, nesta semana, para reforçar o policiamento, cerca de 400 PMs, que compõem, principalmente, os Batalhões de Operações Especiais (BOE) de Santa Maria e Passo Fundo.

No fim de semana, as informações falavam em apenas 100 homens.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, serão disponibilizadas cotas de horas extras para as cidades que estão cedendo policiais. 

De acordo com o secretário Cezar Schirmer, o objetivo é avançar em operações de segurança em Porto Alegre, onde os indicadores de criminalidade chamam a atenção.

A Secretaria de Segurança Pública frisou ainda que a ação é provisória, mas não deu prazo para a permanência dos agentes na Capital.




15 comentários:

Anônimo disse...

Dos 400 PMs que estão indo para PoA, menos da metade (192) são oriundos dos BOEs de Santa Maria e Passo Fundo. Os outros 208 estão sendo retirados de diversos municípios do interior do Estado os quais, agora mais do que nunca, estarão à mercê dos criminosos. Além disso, esses 400 PMs que vão para PoA, receberão diárias pagas por nós, contribuintes! Não teria sido (bem) mais inteligente ter começado mais cedo o Curso de Formação de Soldados, que só vai ser formar em Julho? Assim eles estariam se formando agora e não precisaria despoliciar o interior e nem pagarmos essa babilônia de dinheiro em diárias!

Anônimo disse...

Se estão sendo disponibilizadas horas extras para os municípios do interior que estão perdendo policiais que estão vindo atuar na capital, por que não pagam essas mesmas horas extras para o efetivo QUE JÁ ESTÁ NA CAPITAL e que conhece os locais onde trabalha? E sem precisar despoliciar o interior?

Anônimo disse...

Aqui em Barcelona..apos duas semanas em Portugal...carregando os euros...mochila e uma Canon no pescoco....Tranquilo...
Resultado de Policia a cada duas esquinas...viatura BMW...ou moto BMW 900
38????m.não!!. Sub metralhadora...resultado...todo mundo caminhando pelas ruas sem medo.
Diferente da nossa Desgracada POA..E DO Brasil...regido mais de uma decada por estes Vagabundos Petista.

Anônimo disse...

Quando sai as extinções e fechamento destas fundações que foram "extintas" na teoria na AL-RS? quer dizer que estamos pagando todo mês salários para empregados que não tem mais serventia, nem entregam nenhum serviço ou produto a sociedade pagadora de impostos? onde esta a gestão do PMDB para começar a expurgar os parasitas e que estão mamando desde sempre???

Anônimo disse...

O INTERIOR VAI SE TRANSFORMAR EM FILÉ PARA ASSALTANTES DE BANCO.
JÁ ESTÁ FÁCIL AGORA, IMAGINE COM EFETIVO REDUZIDO?
Q BELEZA.

Anônimo disse...

Que bom mas e o SEMI ABERTO que continua a todo "vapor"

Anônimo disse...



Mais uma jogada pilantra do Polenta, contra o povo gaúcho.

Não existe efetivo, se vierem os 400 PMs do interior, algum lugar vai ficar sem policiamento, os prefeitos vão começar a berrarem e os PMs voltam as suas origens.

O cobertor está curto e puído, o Polenta apostou na receita de quanto pior melhor, está tudo dentro de um cronograma. Ocorre que sem o policiamento nas ruas. o povo não vai apoiar as suas medidas inúteis apresentadas na ALRS, daí a pressa em apresentar o efetivo em praça pública ao povo, pura mídia demagógica de um governo incompetente.

Anônimo disse...

Aproveitando a brecha , aqui em POA, no centro histórico, acontece o seguinte:
1-policiamento zero;
2-ao lado da praça Coliseu, há mais de 20 dias, um locutor promove vendas de lojas com altíssimo som que impede vendedores doa vizinhos consigam conversar dom clientes. A SMAN nada, literalmente nada faz;
3- alguns comerciantes colocam mercadorias na calçada, o que é proibido e a SMIC NADA faz;
4-na rua comendador Chaves Barcelos, a muito tempo, o local proibido para estacionamento de automóveis está tomado de veículos para transporte clandestino para Eldorado do Sul e Guaiba, só faltando a instalação de uma cabine para a venda de passes. A SMT e METROPLAN nada, absolutamente NADA faz;
5- o prédio da esquina da voluntários da Pátria com a cel Vicente tem uma descarga de água da calha , no mínimo de 75mm que jorra água a mais de 13 anos, e o DEP ou qualquer outro pqp NADA faz.
Isto só numa área de 100 metros de diâmetro.
O nome da nossa cidade é Porto Alegre ou Porto do lixo?

Anônimo disse...

Governo Sartori promete mais 400 brigadianos para uso imediato em Porto Alegre. Dentro em breve teremos mais soldados vítimas dos bandidos, isso sim!!!

Justiniano disse...


O problema é que também as viaturas foram consertadas pelas comunidades e algumas prefeituras até doaram viaturas para BM e estas foram para POA.

Isso mostra a incompetência do governo em administrar a situação da violência.

A criminalidade vai migrar em peso para o interior porque sabe que os efetivos estão reduzidos. Esses dias em Rodeio Bonito a quadrilha de assaltantes de banco era todos, todos da região metropolitana de POA.

Segundo um japonês comandante da BM vão ficar 6 meses (400 brigadianos x R$ 160 diária x 30 dias e x 6 meses = 11.520.000,00), esse é o custo dessa palhaçada, mas duvido que esse efetivo volte para casa antes de 9 meses.

Anônimo disse...

Em Brasília está a mesma coisa que Porto Alegre. Não se vê um mísero policial nas ruas da capital da república.

Anônimo disse...


O governo do fascista Sartori, carrasco do Rio Grande do Sul, já está terminando, o povo assassinado aos montões, e SÓ AGORA o carcamano vem com essa.

Gringo f.d.p. Quanta gente boa já morreu sob seu governo desgraçado. Que o Diabo lhe dê um câncer no rabo, sádico Sartori.

Anônimo disse...


Depois de tanta gente assassinada, e com o governo do RS quase terminando, esse sádico Sartori tardiamente toma uma atitude em relação à Segurança.

Sádico Sartori vai começar a trabalhar só agora, pra tentar se reeleger em 2018.

Gaúchos, vê se vão votar neste fascista no ano que vem.

A culpa de termos estes canalhas no governo é do povo canalha, que os elegem!!! Gente infeliz, corrupta. Fazem mal pros seus filhos e netos.

Anônimo disse...


Peço ao editor divulgar meus comentários. Só hoje deixei quatro comentários e nenhum foi divulgado.

Acho que foi porque falei mal do governo Sartori, do mesmo partido do Políbio Braga.

E sou anti-petista.

JORGE LOEFFLER .'. disse...


Sartori e Schirmer lembram a dupla Batman e Robin vez que são meras figuras decorativas. Esses dois se limitam a abocanhar um bom dinheiro ao final de cada mês e de fato nada produzem.
Se esse gringo conversador quer botar mais guardas nas ruas basta acabar com a tal Casa Militar e mais o tribunalzinho particular dessa guarda estadual e por certo haverá CENTENAS deles e serem colocados nas ruas. Soluções há, mas para tal necessário honrar as calças que vestem. E aí reside o busilis da questão.
Nos falta Governador de verdade.