domingo, 19 de março de 2017

Governo diz a embaixadores que carne fraca é problema pontual

Na reunião desta tarde com embaixadores, o presidente anunciou a criação de uma força-tarefa do governo para acompanhar o caso das empresas investigadas pela Operação Carne Fraca. 

O que ele disse:

- Decidiu-se acelerar o processo de auditoria nos estabelecimentos citados na investigação da Polícia Federal. São, na verdade, 21  unidades de um total de 5 mil, no total. Três dessas foram suspensas. E todas as 21 serão colocadas em regime especial de fiscalização, a ser conduzida por força-tarefa do Ministério da Agricultura e Pecuária.

20 comentários:

Mordaz disse...

Parece muito pouco para uma operação que envolveu mais de mil policiais federais.

Anônimo disse...


Justo este governo PT-PMDB-PP-PSDB, que ganhou rios de dinheiro da JBS, sócia do Luladrão, e da BRF, etc.

Temeroso, "poste 2" do Lulatrina, e seus ministros criminosos, como Osmar Serraglio, Ministro-bandido da In-justiç, vão é abafar tudo, pra parecer que foi SÓ um crime pontual.

Gaúchos, nós TAMBÉM estamos comendo carne estragada + cancerígenos.

Está lá na página 10 da ZH deste fim-de-semana, 18 e 19 de março:

A JBS amiga do Luladrão tem, "no Rio Grande do Sul, unidades em Montenegro, Caxias do Sul, Frederico Westphalen, Garibaldi, Passo Fundo, Três Passos, Trindade do Sul, Bom Retiro do Sul, Roca Sales e Santa Cruz do Sul, além de um centro de distribuição em Nova Santa Rita".

A BRF tem, "no Rio Grande do Sul, unidades em Lajeado, Marau e Serafina Correa".

Ao editor e ao PMDB-PT-PP, etc, interessa esconder o óbvio.

Que os políticos gaúchos TAMBÉM ganharam muito dinheiro dos frigoríficos da JBS e da BRF, que têm dezenas de unidades bombando aqui no Rio Grande do Sul.

Anônimo disse...

E quem acredita no Temeroso, "poste 2" do Luladrão?

Gaúchos, nós TAMBÉM estamos comendo carne estragada + cancerígenos.


Está lá na página 10 da ZH deste fim-de-semana, 18 e 19 de março:

A JBS amiga do Luladrão tem, "no Rio Grande do Sul, unidades em Montenegro, Caxias do Sul, Frederico Westphalen, Garibaldi, Passo Fundo, Três Passos, Trindade do Sul, Bom Retiro do Sul, Roca Sales e Santa Cruz do Sul, além de um centro de distribuição em Nova Santa Rita".

A BRF tem, "no Rio Grande do Sul, unidades em Lajeado, Marau e Serafina Correa".

Ao editor e ao PMDB-PT-PP, etc, interessa esconder o óbvio.

Que os políticos gaúchos ganharam muito dinheiro dos frigoríficos da JBS e da BRF, que têm dezenas de unidades bombando aqui no Rio Grande do Sul.

Anônimo disse...

Estes bandidos sócios do Luladrão só se preocupam com o vil metal, pra pagar a farra da ORCRIM, com seus cartões corporativos e viagens ao exterior, pra movimentar contas nos paraísos fiscais.

Preservar a vida e a saúde de toda a população, inclusive dos bebês e das crianças, não passa pela cabeça dos bandidos bolivarianos.
Nem a vida de seus descendentes e amigos importa.

E ainda alegam que a população está envelhecendo e durando mais!!!!

Só porque os bolivarianos não conseguem exterminar com os velhinhos, que se protegem atrás de grades, e não circulam por espaços públicos, onde sobram assassinos da ORCRIM, assaltos e balas perdidas.

O governo bolivariano está exterminando com a população brasileira jovem, por meio de seus políticos e suas facções, drogas, metralhadoras, carnes podres e cancerígenas, leites/queijos/iogurtes azedos e cancerígenos, etc.

E depois têm a audácia de dizer que a população está ficando mais velha!

Mas é porque os jovens, que poderiam viabilizar a Previdência Social, estão sendo drogados nas escolas e dizimados pela ORCRIM.

Anônimo disse...

A carne pode ser fraca mas o bolso e as contas da turminha do PMDB e PP não são nada fracos.

Anônimo disse...

http://www.aljazeera.com/news/2017/03/police-raid-meatpacking-plants-bribery-probe-170318074933182.html

Anônimo disse...

Pontual parecem ter sido os pagamentos de propinas.

Anônimo disse...

Força tarefa é sinal de que o causo é muito grave.

Anônimo disse...

O caso é grave, envolve a saúde de grande parte da população daqui e lá de fora. Dizer que são 21 frigoríficos que estão com "problemas", num universo de cinco mil é muito superficial, alguém tem de explicar quanto isso equivale em relação ao consumo de carne no mercado interno e externo, porque, pelo que li, os envolvidos são potências do setor, então 21 podem equivaler a 80/90% do mercado, e o serraglio heim, ainda continua ministro?

Anônimo disse...

Nossa família não como carne há anos, porque já sabíamos que era cancerígena, com todos os hormônios dados aos pobres animais, inclusive pras aves.

É só substituir a carne por arroz e feijão.

Está tudo bem explicado pelo reconhecido médico de Porto Alegre, José Varo Duarte, no livro "Alimentos Funcionais".

Se quiserem preservar a saúde de suas famílias, este livro é uma salvação.

Também comemos ovos com a gema mole. Baseados em outras leituras.

Tem também a carne de soja em pedaços graúdos que, temperadas, têm o mesmo gosto da carne animal.

Se não conseguem deixar de comer carne, então porque o homem é inferior ao gado bovino e galinhas, já que dependem deles para sobreviver!

Homens que se alimentam de cadáveres morrem muito mais cedo.

Anônimo disse...



Não é pontual, os pilantras dos políticos estão embolsando esta grana já faz tempo.

AHT disse...

De Lava Jato em Lava Jato, de Carne Fraca em Carne Fraca ainda seremos uma "Suécia Tropical", ou a Suécia ainda chegará aos nossos "padrões de esperteza e de levar vantagem em tudo"???

---> Vide a essa notícia, "Escândalo de corrupção que domina manchetes na Suécia teve 'desvio' de R$ 3.800,00", publicada no Portal Terra, em 18/03/2017:

https://noticias.terra.com.br/mundo/escandalo-de-corrupcao-que-domina-manchetes-na-suecia-teve-desvio-de-r-38-mil,0af782a01b2d37bea1e8b2fa60fb02b4byd0im2h.html

A Esperança é á última que morre!

Exemplares brasileiros que somos, compete-nos cumprir nossos sagrados Direitos e Deveres, de:

1º) ACREDITAR em Papai Noel, Saci Pererê, Mula Sem Cabeça, Lula Falante, Dilma Inteligente e outros personagens já existentes ou ainda a serem criados no desenrolar da nossa Brilhante História.

2º) PAGAR RELIGIOSAMENTE EM DIA todos os impostos, taxas e tarifas de qualquer natureza.

3º) COMPREENDER E ACEITAR SEMPRE as justificativas dos governantes e empresas públicas quando serviços públicos falham ou param por falta de verbas. Ter sempre em mente que o Homem é um ser imperfeito e os serviços públicos dependem, acima de tudo, de NÓS - os seres humanos!

Mas sempre tem um brasileiro bem humorado, que saca o lance e mandou ver essa pra mim:

- Nem tantok, nem tanto... O Brasil apenas será uma "Suécia Tropical" quando o Saci Pererê conseguir cruzar as pernas!

Anônimo disse...



O pilantra-mor do PMDB, ora presidente do país, vem a público imediatamente dar explicações. Muito estranha a posição do Chefe da nação, se compararmos com o seu silencio e até mesmo o desaparecimento da midia, durante as mortes ocorridas nas rebeliões de presos no AM e RN, onde ocorreram muitas mortes. Igual silencio e sumiço foi constatado durante o motim da PM no ES, onde ocorreram muitas mortes.

O safado reuniu de forma urgente, a cúpula do seu governo, menos os encarregados da saúde. A explicação não convenceu quem paga a conta.
Estes pilantras embolsaram muita grana destas empresas, através de "doações para campanha" e agora tem que mostrarem serviço, afinal de contas estão sendo pagos pelos empresários para isto.

Anônimo disse...

O prejuízo para o país será incalculável. Vai haver prejuízos em toda cadeia da produção agrícola, o único setor que sustentava o Brasil, sustentando um PIP raquítico. O Ministro da Agricultura falou claramente que: "o que foi dito pelos Delegados Federais, na entrevista, não constava no inquérito" (isto é moda em Curitiba.

Então durante 2 anos a Polícia Federal e o Ministério Público Federal de Curitiba deixaram as pessoas comerem carnes deterioradas, carnes com papelão, cabeça do porco??? Fizeram alguma apreensão de carnes estragadas??? Este sensacionalismo vai custar muito cara para o país, principalmente para o setor agrícola.

Anônimo disse...

O Estadão foi perguntar aos garçons da churrascaria Steak Bull, em Brasília, para onde Temer levou os representantes dos importadores de carne brasileira depois de uma reunião em que, de prático, anunciou uma “auditoria” sobre a fiscalização sanitária.

Não deu outra, a tal churrascaria só serve carne bovina importada da Argentina, Uruguai e Austrália.

Após a Coluna do Estadão publicar a informação de que a Steak Bull não trabalha carne bovina nacional, a assessoria do presidente Temer divulgou a seguinte nota: “Todas carnes servidas, neste domingo, ao presidente Michel Temer e aos embaixadores convidados para jantar na churrascaria Steak Bull foram de origem brasileira".

A colunista ficou mordida e transcreveu o diálogo com o gerente da churrascaria:

Boa noite, gostaria de saber da procedência da carne servida na churrascaria…

As nossas carnes são red angus, picanha australiana, picanha uruguaia… A gente não trabalha com carne brasileira, só européia, australiana e uruguaia.

Com um presidente trabalhão deste o que mais precisamos????

http://politica.estadao.com.br/blogs/coluna-do-estadao/temer-leva-embaixadores-a-churrascaria-que-serve-carne-importada/

Anônimo disse...

A manifestação do ministro mággi_co foi de estarrecer, tal a sua ignorância sobre os pontos abordados, a ponto de eu me perguntar se este quadrúpede não tem nenhum acessor veterinário no Mapa, senão vejamos:
- o ácido misturado à carne para fazê-la "rejuvenescer" é ácido sórbico e não ascórbico: ascórbico é vitamina C, aquele que tomamos quando estamos gripados
- a carne de cabeça de porco não pode, por lei sanitária, ser misturada nos embutido. No diálogo gravado pela PF, o próprio dono do frigorífico diz isso para sua mulher, mas encomenda duas toneladas porque estava barato
- nega que papelão tenha sido misturado no CMS, quando isso também foi desmentido nos diálogos gravados pela PF. Por acaso alguém já viu frango embalado em papelão? Esta idéia de jerico do ministro foi veiculada à exaustão ontem no JN na defesa que os çábios advogados da BRF fizeram das falcatruas. CMS, ministro, é Carne Mecanicamente Separada, aquela porcaria resultante do esmagamento a alta pressão de tudo que não seria consumido normalmente e até de pequenos ossos.
Ministro, com todo esse seu conhecimento, não peça mais para querer acompanhar a PF em suas diligências. A sua presença seria apenas para avisar de antemão os transgressores, porque o Sr. não entende nada de vigilância sanitária. O Sr. só falou o que os donos da JBS e BRF lhe mandaram falar, sem ao menos consultar um acessor, o que poderia sanar a sua ignorância. Sr. ministro, com todo o respeito: o Sr. é um PAU MANDADO!

Anônimo disse...

Nessa Operação Carne Fresca...o modo como veio a tona para o público foi sem duvida um amadorismo nunca visto por parte da Policia Federal. Primeiramente colocou como um problema generalizado. Investigou servidores do Ministério da Agricultura e sem ouvir o próprio Ministério para outros assuntos foi logo colocando o que acredita. A PF quer manchete agora ou é pobreza mesmo de saber com os problemas.

Anônimo disse...



E com o consumidor interno, não existe preocupação?

Ou apenas os impostos de exportação interessam ao governo federal?

Bando de demagogos, safados, pilantras e não raro corruptos.

Anônimo disse...

Anônimo do dia 19 de março às 22:42: "O prejuízo para o país será incalculável."
Certamente que sim, será incalculável o número de pessoas que se alimentaram de carnes ADULTERADAS.
Nem todas as fabricantes adulteram produtos. São uma minoria. Mas a Polícia Federal DEVE CUMPRIR A LEI, SEM SE PREOCUPAR COM QUESTÕES POLÍTICAS OU ECONÔMICAS. É o caso da Lava-Jato - que muitos, agora, começam a ver com restrições porque a economia começa a reagir (isto é, se a economia vai bem então que se deixe os políticos roubarem, as carnes serem adulteradas, etc.?).
A Polícia Federal fez o seu trabalho e se parte da imprensa é mal informada e sensacionalista, problema é da imprensa e não da Polícia Federal.

Anônimo disse...

Não acredito que a PF tenha agido de forma "amadora". Acredito que foi intencional e forma sensacionalista em que foi divulgada a Operação Carne Fraca. Incompetência,Irresponsablidade, vaidades ou "guerra" entre Orgãos e contra o Governo atual?