Artigo, Denise Dreschsel, Gazeta do Povo - Direitos e abusos dos professores

A linha é tênue entre a defesa legítima dos direitos dos professores e o abuso com prejuízo desproporcional aos alunos

 Denise Drechsel

São discursos antagônicos. De um lado, os sindicatos dos professores são acusados de tentar impor políticas públicas de educação de teor ideológico e partidário por meio de greves – prejudicando os próprios professores e alunos em benefício dos dirigentes das agremiações e seus partidos. De outro, os sindicatos são louvados pelos docentes que se sentem de fato representados e defendidos contra quem quer reduzir salários e piorar as condições de trabalho. 

Quem terá razão?

Como tudo na vida, nenhuma das duas posições está completamente correta.

CLIQUE AQUI para ler tudo.


2 comentários:

Anônimo disse...

Só gostaria que fizesse uma pesquisa para saber se lideres sindicais tem filhos em Escolas Públicas?

Anônimo disse...

Tomam pau da polícia, pois pedem para levar porrada. Parece que a única linguagem que entendem é paulada na moleira. Ao invés de ficarem por aí fazendo arruaça e rezando a cartilha do PT fossem dar aulas, que é o real motivo de existirem, nada disso aconteceria.