Taxistas não aprovam idéia do diretor-presidente da EPTC das corridas não serem mais pagas com dinheiro

Os taxistas de Porto Alegre não gostaram da ideia lançada nesta terça-feira pelo diretor-presidente interino da EPTC, Marcelo Soletti, de retirar a opção de pagamento das corridas de táxi com dinheiro, a exemplo do que a prefeitura quer aplicar nos ônibus.

O presidente do Sintáxi, Luiz Nozari, afirmou que “passageiros idosos costumam pagar com dinheiro. Nós não podemos deixar de atendê-los”. O sindicalista considera que o pagamento em dinheiro deve acabar naturalmente e não por meio de uma proibição.

10 comentários:

Anônimo disse...

Inacreditável está declaração.. demostra que não existe limite para a ignorância e a estupidez humana.

ATENTO disse...

ESTUPIDEZ HUMANA É NÃO ACEITAR DINHEIRO
MENTECAPTO E OBTUSO QUEM QUER EXTINGUIR O DINHEIRO FÍSICO!!!!

O USO ELETRONICO SOMENTE É DOMINAÇÃO DO INDIVIDUO, CONSEQUENTEMENTE

O DINHEIRO É UM EQUIVALENTE DE RIQUEZA,FISICO,FISICO, ONDE O ELETRONICO NÃO ATINGE E FALHA,UMA GRANDE INVENÇÃO.

ESTUPIDEZ HUMANA,OBTUSIDADE MENTAL E PROVINCIANISMO TOTAL É ACHAR QUE TODO LUGAR É SHOPPING E DISNEYLANDIA!

ACORDA Ó ESTÚPIDO QUE QUER RESTRINGIR O USO DE DINHEIRO FÍSICO!

PATETA,IGNORANTE!!!!

Anônimo disse...

Políbio,

Teus leitores gostariam de saber tua opinião..

O vice do Cappellari e o Coronel Marchezan tem poderes para implantar a recusa do recebimento de moeda corrente nacional em Porto Alegre?

Anônimo disse...

Mas que lei mais maluca é essa? Eu não sou aposentado, tenho 40 anos e pago a maior parte das minhas despesas com dinheiro. Uso cartão de crédito apenas para valores maiores e débito eu nunca uso. Entendo o lojista não querer aceitar cartão de crédito ou débito porque as administradoras cobram taxas. Mas acredito ser inconstitucional não poder aceitar dinheiro. O que a EPTC quer se meter em regular os meios de pagamento? Será que são retardados?

Anônimo disse...

Já começaram com as baboseiras,isso é tipico desses bundinhas que querem "inovar" na babaquice. Vão visitar o camelódromo ver a imundície a a falta de iluminação dos pontos de ônibus.
Joel

Anônimo disse...

O pagamento em cartão é mais seguro tanto para o motorista quanto para o passageiro, mas a EPTC não pode obrigar que o pagamento seja feito dessa forma. A EPTC, como sempre, agindo apenas para atrapalhar. (A primeira "missão" da EPTC é arrecadar dinheiro, claro. A segunda é infernizar a vida dos motoristas. E a terceira, que é uma meta a alcançar, é atrapalhar todas as pessoas que precisam se locomover de qualquer forma pela cidade, seja por meio de transporte público ou particular. Atingir isso seria a glória para a EPTC.)

Anônimo disse...

O Estado quer regular o máximo que conseguir, um negócio não poder aceitar pagamento em dinheiro é uma palhaçada.

Anônimo disse...

Se os taxistas aceitassem cartão de crédito, seria irrisório o número de pessoas que pagaria em dinheiro. No UBER paga no cartão, por isso não ando mais de taxi.

Anônimo disse...

Deve ser palpite de alguma assessoria contratada pelo Marchezan. Ele adora esses caras metidos a modernosos. Na Reforma Administrativa ele ouviu as tais assessorias e fez um monstrengo, fazendo coisas como desmembrar o DMAE que já tinha sofrido uma reestrutura em 2012, além de juntar pastas que não tinham relação entre si.
O pior que é convencido e obstinado.

Anônimo disse...

E os CCs esquerdopatas e esquerdistas de PSB, PPS, PDT, REDE E PMDB que ainda restam na EPTC...quando estas viúvas de Fortunati serão exoneradas ????

E mais... tudo COTA PESSOAL DO FORTUNATI...