Até brigadianos são presos por tráfico de drogas

Não chegando a epidemia de violência que Porto Alegre está sofrendo, até quem deveria dar segurança à população gaúcha se rendeu ao crime.

Quatro policiais da Brigada Militar foram presos em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de armas na Capital, depois de uma ação conjunta entre a Corregedoria da BM e o Ministério Público. A prisão aconteceu na noite de ontem e os policiais militares foram conduzidos para prestar depoimento na condição de suspeitos, mas na madrugada desta quarta-feira, foram homologadas as prisões de quatro dos detidos e os outros dois foram liberados. Conforme o delegado Roger Tavares, nos dois policiais liberados não houve elementos suficientes para fazer prisão em flagrante, mas o caso continuará a ser investigado e apurado durante o inquérito policial.

4 comentários:

Anônimo disse...

O exemplo vem de cima, qual o exemplo que os pais da Pátria tem passado aos seus filhos?Legado de 13,5 anos de pessimos exemplos levaram o Brasil ao fundo da fossa, isso que aconteceu no RS e o que está acontecendo no Estado do Espirito Santo não é obra do acaso, estamos pagando caro por desgovernos corruptos e incompetentes, vai levar muito tempo para dar uma ajeitada na casa.

Unknown disse...

O Uruguai tem razão... acorda Brasil!!!
Ou vivemos um NarcoEstado ou tiramos o financiamento dos traficantes!!!
Não há outra opção!!!
Quem prega o combate à droga é porque tem interesse em faturar com ela!!!

Anônimo disse...

O Brasil colhe o que o, petismo p-0lantou durante seus governos. Dias piores virão. Aguardem e se precavenham.

João Paulo da Fontoura disse...


Pro deputado gravatinha, se não há o Tribunal Militar, leva 20 anos e os quatros brigadianos continuam com seus "dereitos" preservados. Uma brigada com Ordem, Respeito às Leis e à hierarquia, só com o Tribunal. Mas tem que custar menos; 40 milhões/anos é muito caro!!!