Moro nega pedido de “trégua” para Lula curtir o luto. E fará audiência nesta quinta, data da Missa de 7o Dia.

Moro agendou audiência para esta quinta, data da realização da Missa de 7o dia da morte de Marisa Letícia. O juiz disse que a morte da mulher foi "uma tragédia".


O juiz Sérgio Moro negou o pedido dos advogados de Lula para remarcar as audiências das testemunhas de defesa dele na Lava-Jato, com datas para as próximas duas semanas, devido à morte de Marisa Letícia.

A defesa de Lula havia pedido, nesta terça-feira, a remarcação alegando que, com a morte da ex-primeira-dama, o contato com Lula estaria prejudicado, o que dificulta que os advogados se preparem para fazer perguntas para as testemunhas de defesa.

Moro considera que a defesa teve tempo suficiente para se preparar.

26 comentários:

Magno disse...

Pronto... mais um motivo para se fazer de vítima...

Anônimo disse...

meu deus...não dá mais prá disfarçar q é perseguição...são muitos e vários indícios...

Anônimo disse...

O psicopata fez o primeiro comício-velório da história da humanidade, ele realmente não tem limites, somente atrás das grades para conter este ente amoral.

Anônimo disse...

Querem conhecer bem um típico psicopata manipulador em plena ação? Vejam Lula.

Anônimo disse...

Parabéns Juiz Miro. Nada de moleza para esse filho da luta.

Anônimo disse...

eu nao mataria o lula, eu enrolaria um cabo de aço no pescoço dele e jogava na jaula dos macacos

Anônimo disse...

Estão tentando se pendurar numa teinha de aranha?

Anônimo disse...

O JUIZ MORO FEZ CERTISSIMO AO NAO ATENDER O PEDIDO DESTE FARSANTE,POIS COM CERTEZA JA TINHA UM GRANDE ESTOQUE DE VIAGRA PARA COMEMORAR COM SUA AMANTE A VIUVEZ DA QUAL QUER SE VITIMIZAR DIANTE DO POVO BRASILEIRO.SO IDIOTAS ACREDITAM NESTE MACUNAIMA.

Anônimo disse...

Perguntar não ofende: Se o editor e os blogueiros faXistas tivessem perdido a esposa e na missa de sétimo dia tivesse uma audiência judicial em outro estado da federação, não iriam peticionar ao juiz para remarcar a audiência para outra data?

GILALMEIDA disse...

O canalha continua a gigolar a falecida...Vai explorar o cadáver até muito depois de apodrecer.

Justiniano disse...

Um comunista ateu que nem Lula, vem com essa de missa de 7º dia. O que um safado faz para escapar da justiça.

Façanha, o advogado do povo disse...

Moro, o juiz mão pesada, está vitimizando o Lula, dando-lhe fumos de mártir. Politicamente, é isso o que o PT mais quer. Existe alguém que possa alertar o burrico para não fazer o jogo do PT?

Anônimo disse...

Adiar as audiências podia abrir um precedente perigoso. Vai que mais alguém morre...

Anônimo disse...

LULA PODERIA TER FICADO COM O DEDINHO DA MARISA

NÃO PODERIAM CHAMAR DE NOVE DEDOS

Ultra 8 disse...

Vai curtir uma barranco com as tuas cabritas,seu demônio.

Na Suécia a ala jovem do partido comunista,está pedindo a legalização da necrofilia,incesto e zoofilia.

Lá e aqui,estes tarados recebem votos para isto...

Unknown disse...

Chupa crápula!!!

Anônimo disse...

Suck it, filthy stinky bearded rat.

Anônimo disse...

Bom dia!

Além de ser imparcial demonstra ser insensível e mal educado.

Se um sujeito destes não respeita nem mesmo o luto de um cidadão, então estamos perdidos.

É o cumulo da desumanidade.

Anônimo disse...

As testemunhas da defesa foram indicadas em out/16, os advogados estão pedindo prazo pelo luto, mas as tesetemunhas não tem nada a ver com o caso. Se tivesse algum parente como testemunha os advogados deveriam ter avisado ao Moro, como não informaram todos terão de depor.

O Lula não foi chamado logo foi respeitado o seu luto.

Anônimo disse...

Ele deve estar feliz com a Rose Noronha que passou de segunda para primeira dama

Anônimo disse...

CUNHA DIZ QUE MORO MONTOU HOTEL DE DELAÇÃO

09/02/2017 - Brasil 247

Ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acusou o juiz Sergio Moro, da Lava Jato, de ter montado um hotel da delação nas carceragens curitibanas para forçar seus presos a delatar; com esse argumento, ele espera ser solto pelo Supremo Tribunal Federal; preso em Curitiba há mais de quatro meses, o peemedebista mostrou que está partindo para o ataque, após afirmar que Michel Temer mentiu em depoimento e que ele tinha, sim, participação na indicação de diretores da Petrobras que mais tarde seriam apontados como operadores do PMDB em esquemas de corrupção da estatal.

PS: Se Cunha, o traíra e o PSDB derrubaram a Presidente, derrubar um juizinho de primeiro grau, com a midia marom (globo, JN, Estadão, FS, Veja) glace fazendo vista grossa, deve ser molezinha,

Anônimo disse...

Ao contrário de Moro, juiz de Brasília adiou processo após morte de Marisa:

09/02/2017 - Brasil 247

Ao contrário do juiz Sérgio Moro, que marcou audiência no processo contra o ex-presidente Lula para esta quinta-feira, 9, dia da missa de sétimo dia da ex-primeira-dama Marisa Letícia, o juiz federal Ricardo Leite, da 10ª vara da Justiça Federal de Brasília, acatou o pedido de adiamento de depoimento do ex-presidente, em função do falecimento da esposa; oitiva estava marcada para o dia 17 de fevereiro e foi remarcado para o dia 14 de março.

PS: Ainda tem juiz sensato no Brasil.

Anônimo disse...

Velha mídia agora denuncia excessos da Lava Jato e de Sérgio Moro:

9 de fevereiro de 2017 - Blog do esmael

A Folha de S. Paulo e o Estadão, nesta quinta (9), detonam os procuradores e a Lava Jato. A primeira acolhe opinião de Eduardo Cunha, que fuzila Sérgio Moro; o segundo, denuncia o caráter antidemocrático da força-tarefa.

Tardiamente, os jornalões se pronunciam quando os seus começaram a cair. Mas eles têm razão. Vamos ao que eles dizem:
O Estadão abriu fogo contra o caráter autoritário da Lava Jato e cobrou posição firme da OAB.

Para o Estadão, a opinião de procuradores do MPF, como a de Deltan Dallagnol, fere o Estado Democrático de Direito e não representa a instituição.

O procurador defende a condenação de uma pessoa mesmo que paire alguma dúvida se de fato ela cometeu o crime do qual é acusada.

Já a Folha cedeu hoje espaço opinativo para Eduardo Cunha defender-se. Sobrou para o juiz Sérgio Moro.

O ex-presidente da Câmara acusa Moro de transformar a carceragem da PF em Curitiba num “hotel de delação” da Lava Jato.

Cunha detona o instituto da prisão provisória com regra, pois, segundo ele, representa uma antecipação de pena, sem condenação.
O ex-deputado classificou como espetáculo deprimente da denúncia contra o ex-presidente Lula.

Ao final, Eduardo Cunha retoma a discussão da lei contra abuso dos juízes. (...)

Anônimo disse...

http://mariavaldapnascimento.blogspot.com.br/2015/06/lula-critica-versiculo-da-biblia-e.html

Anônimo disse...

https://www.portalpadom.com.br/lula-critica-versiculo-da-biblia-e-chama-de-%E2%80%9Cbobagem%E2%80%9D-declaracao-de-jesus-cristo/

Luiz Inácio disse...

Anônimo das 21:09h, tu é um imbecil ou mal intencionado????
Quê missa de sétimo dia??? Por acaso comunista acredita em Deus???
Vai carpir um pátio em vez de ficar escrevendo besteira e defendendo bandidos.