Governador do ES abandona licença médica, reassume o cargo e anuncia providências na área da Segurança

O governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, concedeu uma entrevista coletiva nesta manhã – embora esteja em licença médica por conta de uma cirurgia que realizou no final de semana –, na qual falou que o movimento que impede a saída dos policiais militares dos quarteis é ilegal. Ele também está anunciado medidas do Executivo para o combate à crise na segurança pública capixaba.

Pouco antes, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Nylton Rodrigues, assegurou que a Corregedoria da instituição vai investigar e punir os policiais militares que permanecerem nos quartéis por vontade própria. Segundo o coronel, eles "serão punidos disciplinarmente, criminalmente e civilmente".

O Espírito Santo está sem a PM nas ruas porque protestos de familiares dos policiais bloqueiam as saídas dos batalhões. As famílias pedem reajuste salarial para a categoria, que é proibida de fazer greve. O estado diz que não tem caixa para bancar o reajuste.

3 comentários:

Anônimo disse...

esse pmdb não tem jeito..só governa roubando ou se acoxambrando

Anônimo disse...

MÍDIA OMITE O PARTIDO A QUE PERTENCE O GOVERNADOR DO ESPÍRITO SANTO!

Mas se ele fosse do PT...

Anônimo disse...

Não vou defender ninguém. Mas prestem atenção. Em 2018 tem eleição FEDERAL e ESTADUAIS. E essa turma sempre começa a fazer greve em véspera de eleição. Em 2006 teve ataque do PCC em São Paulo na véspera da eleição. Também teve greves dos metroviários na véspera de eleições há pouco tempo. Praticamente todas as greves no Brasil tem fins políticos e se for investigar as ligações de quem manda nos sindicatos de cada classe irá ver ligações como políticos dentro e fora do poder com interesse de derrubar adversários para depois se elegerem.

Cansei de ver greves armadas por aí e depois os líderes grevistas viram candidatos em eleição.

Espere ver as eleições de 2018, vai ser a mesma baixaria de sempre. Como foi em 1994, 1998, 2002, 2006, 2010 e 2014. Sempre teve instalação do CAOS na véspera visando o poder, que é só isso que essa turma quer.