Banrisul reage: "De 1994 até hoje, o banco já pagou R$ 10 bilhões de dividendos ao governo do RS"

Na entrevista coletiva concedida à imprensa nesta quinta-feira para divulgar o balanço anual de 2016 (leia nota abaixo) o presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga Mota, rompeu o silêncio sobre o tema da  privatização do banco, especulada como uma das possíveis exigências do Ministério da Fazenda para conceder ao Rio Grande do Sul condições mais favoráveis para o pagamento de sua dívida com a União. Eis o que ele disse:

-O banco não será privatizado. De zero a 10, a probabilidade é zero. Não tem sentido nenhum [a privatização].  De 1994 para cá, o banco foi responsável por destinar mais de R$ 10 bilhões em dividendos para o caixa do tesouro estadual. Esse assunto está encerrado.

O valor é muito maior do que o total desembolsado pelo governo para ajudar o banco no âmbito do acerto feito pelo governo Britto com o Proes. 

7 comentários:

Ariel Peres disse...

Lamentavelmente, os corruptos saberão primeiro dessa saude toda do Banrisul

Anônimo disse...

Encerrado uma ova. Números manipulados. Quero saber o quanto da divida que o estado tem que pagar para a União representa a do Banrisul?
Matemática é uma coisa enrolação é outra. me admiro esses economistas que aceitam isso? Sera que não tem um economista para esclarecer de uma vez por todas o quanto sai do governo para pagar a não privatização do Banco.
Estou no aguardo.
Joel

Anônimo disse...

Se fosse para zerar a dívida, apoio entregar tudo.
SQN !
Vamos entregar tudo, e continuaremos com uma dívida enorme, impagável em poucos anos.

Anônimo disse...

e deste tipo de empreendimento que a iniciativa privada (amigos dos politicos) gostaaa....acha que vão querer carne de pescoço....acorda editor, vives em que país?????

Anônimo disse...

Vender estatal é sempre bom negocio. Poderia usar o valor para um fundo de aposentadoria !

Anônimo disse...

E os contribuintes vassalos já pagaram mais de 20 bilhões para cobrir os rombos do Banrisul.

Unknown disse...

Imagina se tivesse homens da área financeira a comandá-lo ao invés de cabides de emprego políticos incompetentes e corruptos!!!