Banrisul reage: "De 1994 até hoje, o banco já pagou R$ 10 bilhões de dividendos ao governo do RS"

Na entrevista coletiva concedida à imprensa nesta quinta-feira para divulgar o balanço anual de 2016 (leia nota abaixo) o presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga Mota, rompeu o silêncio sobre o tema da  privatização do banco, especulada como uma das possíveis exigências do Ministério da Fazenda para conceder ao Rio Grande do Sul condições mais favoráveis para o pagamento de sua dívida com a União. Eis o que ele disse:

-O banco não será privatizado. De zero a 10, a probabilidade é zero. Não tem sentido nenhum [a privatização].  De 1994 para cá, o banco foi responsável por destinar mais de R$ 10 bilhões em dividendos para o caixa do tesouro estadual. Esse assunto está encerrado.

O valor é muito maior do que o total desembolsado pelo governo para ajudar o banco no âmbito do acerto feito pelo governo Britto com o Proes.