Assembleia gaúcha votará restante do pacote de Sartori apenas em março

Por iniciativa do governo do RS, a Assembleia Legislativa deve votar somente em março os projetos remanescentes do pacote de ajuste fiscal do Executivo. O pedido de adiamento foi feito na reunião de líderes das bancadas no Parlamento.

A intenção do governo decorre da indefinição no acordo de socorro financeiro ao Rio de Janeiro, que já dura quase um mês, e que trava o avanço das medidas econômicas proposto pelo governador José Ivo Sartori.


3 comentários:

Anônimo disse...



Tá mas o Polenta governa o RJ ou o RS?

O Pilantra está perdido, alás sempre esteve.

Sem saber o que fazer e prestes a ter as contas auditadas, está como uma barata tonta no Piratini, este é o preço que paga por ter nomeado seus amigos para o assessorarem.

Só espero que os auditores sejam sérios e revelem a verdade.





Anônimo disse...

ou seja, sem socorro federal não existe intenção de ajustar as contas ? ? ?

Anônimo disse...

Pezão deu hoje aumento de 10% para PM's, agentes penitenciários e outros.

E por cá ?