Antunes pede que Sartori assuma publicamente que Banrisul não será privatizado

O deputado estadual Frederico Antunes (PP) usou a tribuna da Assembleia Legislativa, ontem, para pedir que o governador José Ivo Sartori se manifeste pessoalmente contra a venda do Banrisul.

Antunes defendeu que “O Banrisul, além de ser o banco dos gaúchos, é uma instituição amplamente lucrativa. Enquanto continuar assim, não deve ser moeda de troca, não está para negócio”.

10 comentários:

Unknown disse...

O velho PP de guerra, sempre de olho nas boquinhas que demandem QI partidário!!!
Vai catar coquinho, Antunes!!!
Assuma uma posição pró ajuste do Estado!!!
Hora de roer o osso que sobrou do filé mignon que o Legislativo se lambuzou comendo!!!
Idem ao Judiciário!!!
Acorda corte de nobres do RS!!!
O Estado mãe quebrou!!!
E não adianta tratar câncer com Aspirina nem fratura exposta com Band Aid!!!

Anônimo disse...

Sr. Frederico Antunes, quantos afiliados tens dentro do Banrisul?

Anônimo disse...

Parabéns, se o Estado quer economizar que comece a fazer o dever de casa, os deputados já fizeram, aprovaram as extinções das fundações deficitárias e ineficientes, só que nada aconteceu, está tudo como antes por que o estado está letárgico , não chamou os sindicatos para fazer negociação coletiva de demissões, nem começou a fazer a transição das atividades para as secretarias, dessa maneira não tem como economizar mesmo.

Anônimo disse...

Deputado normalmente faz merda, falam meias verdades, que no fundo são sempre mentiras. O Banco pode ser lucrativo, mas o que interessa é se é lucrativo ao Estado manter o seu controle. A conta a ser feita é muito simples. Basta verificar quanto o Estado apuraria com a venda, aplicar uma taxa de retorno de capital investido, e cotejar com o que o Banco retorna de dividendos ao Estado. Se o dividendo for maior, manter o Banco é lucrativo, caso contrário, é um ativo de baixo rendimento, a ser vendido. Poder-se-ia cotejar ainda a taxa de retorno, com o custo financeiro da dívida pública. Teríamos outro parâmetro para saber se é lucrativo manter o Banco sob controle do Estado. Quanto a eventual papel de regulador de mercado, já se foi há muito. O resto tudo é conversa fiada de deputado, para as galerias e eleitorado sem massa critica.

Anônimo disse...

As pessoas, por aqui, parecem só raciocinar em termos de ojeriza ao que é público. Parece que as privatizações resultaram em exemplos promissores.
Estive em Curitiba, recentemente, e assisti ao que virou a compra das marcas Banestado e Bamerindus. Até o belo centro cultural que tinham virou um paquiderme na rua das Flores, sem falar do Palácio Avenida, onde crianças cantavam à janela, no Natal.
No caso dos bancos, se desenha um oligopólio das marcas Bradesco e Itaú. Quem quer isso?
Quero ter opções é o Banrisul é uma delas com seu sistema de crédito que recebe o nome de Banricompras, seu empréstimo 1 minuto a juros competitivos e a existência de agências em todos os rincões do RS.
Não tenho simpatia por Frederico Antunes, mas a defesa da existência do banco é válida. Se tem servidor público lá, no caso celetista, que selecionem e nomeiem com competência. De resto, é a mentalidade Trump, triunfando por aqui.

Anônimo disse...

Nao precisamos de banco estatal!!!!

Anônimo disse...

Esse Antunes é outro babaca, vai cuidar de arrumar grana para fazer presídios e pagar melhor os Brigadianos. Nem sabe que na divida monstruosa do RS esta embutida a gasto que o Gov. federal emprestou para sanear o Banrisul. Estado não tem que ter banco e nem fundações.
Aguarde meu e-mail deputado...
Joel

Anônimo disse...

Pq nao vender. É funçao do Estado ter banco? A populaçao faz o que quando tem dividas? Vende Carro, casa na Praia, Joias, etc.
Esse é o momento, nao percam a oportunidade de cool air o Estado nos trilhos. Saude, Segurança e Educação.
Esperam o que de politicos..

Anônimo disse...

Quem defende o Banco Público é o PT.
Era o covil deles onde acertavam tudo no chopp do Mercado Público !
Torrem esse dinossauro e aliviem a despesa do estado !
Leilão nele !!

Carlos Mota disse...

Privatiza este cabide de emprego.
Para quê o estado precisa de um banco que a cadas quatro anos muda toda a nomenclatura pensando????
No Banrisul o correntista ou cliente de outro banco é tratado como lixo, ainda mais se for assalariado.