Sargento da Brigada é assassinado por ladrões em Caxias do Sul

Sem policiamento nas ruas (Brigada, Polícia Civil e FNS sumiram de locais públicos no RS), cidadãos gaúchos, mesmo fardadados, são abatidos como gado no meio da rua.

A mídia de Caxias do Sul abriu espaços generosos, hoje, para as informações sobre o assassinato do sargento Edir Hendges Welter, 46 anos, integrante do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), que foi morto numa tentativa de assalto em Caxias do Sul, ontem a noite. O crime ocorreu por volta das 22h30min na Rua Moreira César.

O policial estava na companhia da esposa e parou em frente a uma lanchonete. A mulher desembarcou do veículo para comprar água mineral no local. O sargento permaneceu sozinho no carro. Nesse momento, dois homens abordaram o policial e anunciaram o assalto. Ali, ele foi baleado duas vezes. O sargento morreu no Hospital Pompéia.

Os bandidos fugiram num carro Sedan escuro. 

6 comentários:

Anônimo disse...

A população de Caxias, pasmem, está preocupada com os índios e imigrantes/refugiados que tomam conta das ruas centrais com seus produtos para vender, são centenas. A midia local diz que eles sofrem perseguição e discriminação pelos fiscais da prefeitura que tentam colocar o mínimo de ordem na anarquia instalada. Os índios armam verdadeiros escândalos ao serem ameaçados de serem retirados do meio das calçadas.

A população de Caxias e sua midia não está preocupada com a morte de policiais. A população de caxias e sua midia quer caxias para os índigenas, haitianos, senegaleses venderem seus produtos nas calçadas e com isto construir o desenvolvimento da cidade. É a nova matriz produtiva politicamente correta. É o que alguns empresários de esquerda daqui chamam de "fazer pelo social".

Anônimo disse...

Pois é, aqui em POA , as 17 h, na esquina das ruas Pedro Ivo e Rheingantz, quatro jovens, altamente prejudicados pela sociedade, assaltaram de uma só vez uma farmácia e um armazém. Não é preciso dizer que estavam portando armas de fogo.
Quando é que o nosso rebanho vai exigir porte de armas para a sua própria sobrevivência?

Unknown disse...

NarcoEstado em ação!!!

Anônimo disse...

em que situação o PMDB/PP/PPS/PSDB estão deixando nosso querido Rio Grande.
Como é que o povo gaúcho votou nessa gente?

Anônimo disse...

Vamos reduzir o Paquiderme estatal...tudo nesse paiseco e o 'guvernu'! Por isso, estamos mal...

Anônimo disse...

Já não se acha mais explicações científicas e humanas para justificar essa carnificina que os bandidos e políticos (petebas e velhacos) cometem no país de norte a sul!

Talvez o "Apophis" explique isso, à medida que este asteroide se aproximar mais da Terra, mais os ânimos das pessoas serão atiçados: os que forem do mau ficarão ainda piores, os que foram bons ficarão ainda mais sensíveis e bondosos. Motivo? magnetismo, a ciência mesma já declarou isso. Os asteroides mexem com o mental/magnético dos seres humanos incentivando-os a cometer atos de brutalidade e/ou civilidade.
Ou seja, se for o Apophis, então a criminalidade vai aumentar no planeta todo, se calhar até na Antártida os pinguins se matarão.