quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Morador de rua perturba a vizinhança e apanha em Porto Alegre

O editor recebeu apenas esta manh, o vídeo da agressão a um homem, confrontado no estreito portão de entrada de uma das escadarias de um supermercado da Avenida Cristóvão Colombo, no bairro Floresta, em Porto Alegre. Nas imagens, três homens vestidos com roupas e coturnos pretos se aproximam do morador de rua, que está sentado numa pequena entrada do portão da escadaria do Zaffari, atrapalhando os clientes e cercado de dejetos que levou para o local . Dois deles agridem a vítima com golpes de cassetete e chutes. Depois, saem pela calçada da Cristóvão Colombo.

O caso ocorreu no dia 31 de dezembro, pouco antes das 17h. O vídeo que circula no Facebook é uma reprodução da gravação feita por uma das câmeras do Zaffari e, três horas depois de publicado, já tinha mais de 14 mil compartilhamentos na página Poa24hs.

Os seguranças que agrediram o morador são de outro empreendimento. Segundo se soube, são seguranças da Securiclean, Santa Maria, que presta serviços para a Igreja Assembléia de Deus. Eles agrediram o morador de rua, que teria furtado objetos e perturba a vizinhança com suas tralhas, sujeiras, pequenos furtos e ameaças a idosos. 

O Zaffari tirou nota para dizer que não teve nada a ver com a agressão:

O Grupo Zaffari ressalta que repudia qualquer ato de violência e informa que as pessoas envolvidas no episódio de agressão não são funcionárias da empresa, nem contratadas de suas prestadoras de serviço terceirizadas. A administração da empresa informa também que após o ocorrido, a equipe da loja Zaffari Cristóvão prestou auxílio ao morador de rua, e entrou em contato com a Brigada Militar para comunicar a ocorrência. O Grupo Zaffari está à disposição das autoridades para auxiliar no caso.

38 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

Este homem é conhecido no bairro Floresta por invadir residências escalando muros.

As aparências enganam.

Em 1999 sofri um sequestro relâmpago por um "casal de humildes" que possuíam um 38 carregado. Um "belo" disfarce.

JulioK

Anônimo disse...

A história completa , exatamente da menaeira que ocorreu, jamais saberemos ao certo. Porém uma coisa posso afirmar: nunca vi um segurança agredir ninguém de graça.

Alberto disse...

Um dia esse cara vai matar alguém = chega de agirmos como 'cordeirinhos'...

Anônimo disse...

Tá com pena, leva para casa !

Anônimo disse...

Não , anonimo das 17h17 , deveria levar um brigadiano q tu tanto defende e ama pra tua cama...como tu gosta

Anônimo disse...

não cabe aos 3 recalcados o papel de juízes e executores. chamem a policia e usem de violência somente se sofrerem violência ou em defesa de outros, o que não foi o caso.

Anônimo disse...

E também tem a técnica do Carlos Lacerda; JOGAR MENDIGOS na baía da Guanabara...

Fernando Bender disse...

Lamentável este ocorrido, JulioK. Minha sincera solidariedade. Abraços.

Anônimo disse...

o brasileiro esta com a paciencia esgotada...

principalmente o cidadão comum, que nao tem direito a nada a nao ser trabalhar (quando tem emprego) ou ser assalto e vilipendiado seja nas ruas ou dentro de casa...

Anônimo disse...

Tem que tirar das ruas. Eu não me sinto obrigado a conviver com esse tipo de gente.

Anônimo disse...

Sou contra qualquer tipo de agressao mas conviver com um morador de rua na frente da casa, sugeira...fezes....grito na madrugada....ninguem merece, acredito k seja esse o motivo

Anônimo disse...

Nem eu sou obrigado a conviver com gente do teu tipo! Gente nogenta! Só porque o cara é mendigo ele não é me os que você seu nogento (a)! Agora se o cara é marginal ou assaltante, o que ainda não sabemos, aí sim! Mas você generalizou os mendigos seu babaca! Mendigo é mendigo, ladrão é ladrão. Separe as coisas

Anônimo disse...

é? doente mental fascista?

Anônimo disse...

Cruzado covarde...vamos banquetear suas mesas e suas mulheres!

Anônimo disse...

É o povo ficando de saco cheio, não tem autoridade para por ordem , 0 povo vai resolvendo os problemas do seu jeito.

Anônimo disse...



Morar nas ruas não é crime, entretanto entre pessoas que realmente tem necessidade, escondem-se marginais criminosos.
Mas quando um comandante do 9° BPM removeu todos os mendigos e moradores de rua do centro de PoA, foi duramente criticado por juízes, promotores e defensores públicos.
As "vitimas da sociedade", eram levadas para o quartel e identificadas, ficavam no pátio o dia todo em função do mau cheiro, o micro-ônibus que era utilizado para as ações era desinfetado diariamente. Em um episódio de visita oficial de autoridades ao aquartelamento, visando inspecionar a operação, o comandante foi questionado por um magistrado de porque os mendigos não ficavam no interior das instalações, este respondeu;
Doutor, todos aqueles que o senhor receber em seu gabinete, serão recebidos no meu e lá passarão o dia.
O resultado foi que os mendigos continuaram sendo identificados no patio, na realidade tratava-se de um chá-de-banco que durava o dia todo.
Infelizmente estes cargos de comando são efêmeros e como cada ocupante tem a sua filosofia de trabalho, não existe uma continuidade nas ações.

Anônimo disse...

São fedorentos, perigosos e se fazem de coitadinhos mas no fundo estão esperando oportunidade de praticar algum assalto.
O Estado deveria obrigar a ir para um abrigo, são incapazes de decidir, pois muitos são alcoólatras ou toxicômanos. Se não querem ir para abrigo, que fossem encaminhado para estas fazendas de reabilitação e se não quiser, dar uma surra de fazer o pilantra implorar por uma oportunidade para mudar. É muito hehehe para uns sujos e perigosos, pois quem está na dependência que estão, roubam qualquer um para comprar drogas.

ATENTO disse...

DEUS NÃO ESTAVA PRESENTE!

DECISÃO DA "ASSEMBLÉIA DE DEUS" DE MANDAR AGREDIR,CERTAMENTE FOI TOMADA NUMA REUNIÃO ONDE DEUS NÃO TINHA VINDO!
----------------------------------------------------

UM "MENDIGÓDROMO" SE FAZ NECESSÁRIO!!

JULIO K TEM RAZÃO, JÁ VI DE LONGE COISAS ASSIM.

ACAMPAR NAS CALÇADAS EM ESTADO DE IMUNDÍCIE, E FALTA DE HIGIENE JÁ JUSTIFICA PROIBIR ,POIS ATRAPALHA O IR E O VIR A QUE TODOS TEM DIREITO, E ATENTA A SAÚDE, IMUNDICIE A PROLIFERAÇÃO DE DOENÇAS.

AS AUTORIDADES QUE DECIDAM,PAGAMOS PARA QUE RESOLVAM,OU PEGUEM O CHAPEU E SE MANDEM.

NÃO PODEMOS FICAR A MERCÊ DO PETRALHISMO POLITICAMENTE CORRETO QUE LIQUIDOU O PAIS,AS DE GRELO DURO LEVEM PARA CASA.QUE FAÇAM UM "MENDIGÓDROMO" COMO TEM FUMÓDROMO,AUTÓDROMO ETC...ORA, POIS...

Anônimo disse...


O certo seria recolher estas pessoas em situação de risco das ruas, e acomodar em albergues públicos, ou coisa parecida.
Problema das prefeituras.

Anônimo disse...

Esses "humildes" agridem a sociedade diariamente com seus atos poucos sociáveis, suas abordagens constrangedoras, sua higiene precária, seus modos por vezes hostis, sua aparência ameaçadora e amedrontadora, seus maus comportamentos e a sociedade tem que "compreendê-los e acolhê-los"? Quem não quer seguir as regras do bom convívio e da sociabilidade que não siga, mas que vá viver à margem dessas sociedade lá no meio do mato. Por isso são chamados de MARGINAIS, pois preferem viver Á MARGEM da sociedade civilizada e ordeira. Cadê aquela lei que dizia que qualquer um poderia ser preso por vagabundagem?

Anônimo disse...

Não adianta chamar a Brigada, nada poderá fazer. O direito é do tal morador de rua, que deve viver e sustentar seus vicios com seu trabalho honesto. O cidadão não deve perder a paciência, e tentar retomar a cidade.

Anônimo disse...

Polibio,
Sou teu leitor assíduo e defensor de políticas públicas que retirem moradores das ruas, mas NADA JUSTIFICA A AGRESSÃO!
O Zaffari fica a 20 metros da Delegacia e os "seguranças" deveriam ter chamado a autoridade, já que o morador de rua estava sentado, como faz(ia) diariamente, sendo conhecido de todos os frequentadores do supermercado e arredores.
Claro que ninguém gosta de ter um morador de rua na porta da sua residência, mas daí a rotular de perigoso ou algo semelhante é, no mínimo, irresponsável, diferenciando do jornalismo correto que fazes!
Por mais que necessitemos dar um basta em algumas ações na nossa sociedade, no dia em que deixarmos de nos indignar com tal imagem, deixaremos de ser humanos para nos tornarmos selvagens...

Anônimo disse...

Isso. Desmerece os brigadiano e vai pra baixo dá ponte,o chinelão!!

Anônimo disse...

Mas já tá poluída. Vão jogar mais sujeira ainda?

Aaron DiBonna disse...

e rua e' lugar pra se morar?

Anônimo disse...

Quem aplaude isso é doente, sádico. O mendigo nem um par de chinelos tem, quem dirá arma. Claramente doente, magro e esqualido, como pode escalar um muro e sair com alho nas costas. Vamos ver se a Polícia Federal tem registro desta empresa de segurança e estes sádicos tem os cursos necessários,se não tem é crime. E se tem devem ter o registro cassado. O que impede estes neandertais de um dia espancarem qualquer um aqui? Que relativismo moral é esse?

Anônimo disse...

Sádicos, animais e neandertais. E quem acha isso bonito tem que ser trancado na Pinel, só pode ser um sociopata.

Anônimo disse...

Nos US quando passa um soldado fardado os transeuntes anonimos o cumprimentam pelos servicos prestados. Presenciei isso varias vezes.

Aqui no Brasil brasileiros com perfil socialista-humanista-pseudo intelectual gostam de idealizar marginais como pobrezinhos, vitimas da sociedade, e chamam a PM de fascista etc.

Por isso os Estados Unidos sao os Estados Unidos e o Brasil eh o Brasil.

Roberto disse...

Conheço este cara. Drogado e agressivo. É chegado em ameaçar mulheres desacompanhadas. Difícil vai ser conseguir convencer a maldita ZERO HORA a se retratar por promover um vagabundo, perturbador da ordem e drogadito de longa data. Esta saída específica do Zaffari da Cristóvão parece ser o repositório de todos os pedintes do bairro. Sempre têm meia-duzia importunando, alguns munidos de bebês alugados de não mais de um mês de vida para comover as velhinhas do bairro. E outros vêm acompanhados de cachorrinhos para atrair as crianças e os que babam por filhotes. Dependendo do dia, o espetáculo é deprimente.

Anônimo disse...

Trágico, diversos veículos de impressa foram entrevistar o zumbi, não conseguia articular uma frase. Vamos morar onde, toda cidade está virando uma grande cracolandia. Chega....

Anônimo disse...

Já se sabe que um dos "seguranças" tem antecedentes por tráfico, furto e agressão. Já esteve no Presídio Central, ou seja, nem sequer poderia estar trabalhando de segurança, já que é exigido atestado de bons antecedentes e cadastro na Polícia Federal para exercer legalmente esta atividade.

Anônimo disse...

Quem defende "esse tipo de vítima da sociedade" deveria levá-lo para dormir na sua casa, na cama com tua mulher ou no quarto com tua filha adolescente! Cheio de politicamente corretos, mas que querem que a sociedade se dane! Levem-no para sua casa e criem-no como seu "filhinho", bando de santarrões de sacristia!

Anônimo disse...

E tu leva os leoes de chácara traficantes para a tua.

Anônimo disse...

TEM MUITOS DROGADOS E BEBADOS QUE FICAM MOSTRANDO AS PARTES PARA AS MULHERES -UMA POUCA VERGONHA, MUITOS N QUEREM IR PR ABRIGOS , ENTAO Q NAO FIQUEM EM FRENTE AS CASAS DAS PESSOAS TAMBEM

Anônimo disse...

Onde vc vive? Não temos policia, é isso ou aguenta o vagabundo fazer o que quiser.

Anônimo disse...

Na frente da minha casa não se cria. Pode me chamar do que quiser, pode estar de terno e gravata, se mijar no meu muro vai levar cacetada e se não sair leva chumbo. Se todo mundo começar a cuidar do que é seu com contundência não dependeremos tanto do estado.

Anônimo disse...

Não podem ser obrigados a ir para albergue, e eles não querem ajuda. Tem que expurgar, sem coitadismo. Quer viver como animal vá viver no mato. Ninguém é obrigado a tolerar isto na frente da sua residência.

Anônimo disse...

Queria ver se eles acampassem na frente da sua casa. Acredita mesmo que a polícia resolveria seu problema?