Marco Aurélio Mello não quer julgar a Lava Jato.

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, disse nesta segunda-feira que não aceitará qualquer convite para migrar para a Segunda Turma do STF, a qual julgará os processos da Lava Jato. Lembrando ainda que já houve convite em 2015 e ele negou.

Marco Aurélio defende que a distribuição da relatoria seja encaminhada aos ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello ou Ricardo Lewandowski, definindo-os como os mais habilitados  a assumir a vaga. "E tudo através de  sorteio", definiu.

5 comentários:

Anônimo disse...

Ninguém alem dos culpados querem essa relatoria.O sujeito que aceitar esse pepino, ou é da turma dos mandantes ou vai ter que andar de bicicleta.Bicicleta explode?

Anônimo disse...

Nenhum Ministro do STF deve assumir a Lava Jato, todos são indicados, portanto estão " impedidos ". Em várias situações eu vi alguns Ministros se dizerem impedidos por isso ou por aquilo.

Anônimo disse...


Ele quer continuar viajando de avião, sem pulgas atrás das orelhas.

Anônimo disse...

Sorteio neste caso é temerário , pois se a Relatoria da Lava-Jato cair em mãos erradas poderá ser o seu FIM , o seu Enterro, com direito a Honras Fúnebres e Missa de Sétimo Dia . A sociedade não quer a morte da Lava-Jato, pelo contrário .!!!

Anônimo disse...

pede demissão e abra mão da aposentadoria
Imagina o que acontece para um militar que foge/não quer ir para o campo de batalha

brasil sem lei