segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Macri restringe imigração de latinos na Argentina

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, assinou nesta segunda-feira um decreto que altera a Lei de Migração do país, colocando mais restrições à entrada de estrangeiros.


Voltado especialmente a imigrantes com antecedentes penais ou que venham de países com forte presença do narcotráfico (Peru, Paraguai, Bolívia e México).

O pacote foi apresentado por Macri usando expressões parecidas às usadas por Donald Trump.

21 comentários:

Nereu disse...

Excelente! Espero que a providência se espalhe pelo mundo. Na minha casa, entra quem eu permitir. É muito simples!
Interessante que ninguém fala nada de cuba e da coreia do norte de onde ninguém pode sair.

Anônimo disse...


E o Mercosul como fica?

Anônimo disse...

como eu sempre digo, o bicho maior come o menor...

Anônimo disse...

JÁ POR AQUI,É TUDO LIBERADO.ENTRA QUEM QUER.ENTRA TERRORISTAS,ARMAS,IMIGRANTES...É SÓ CHEGAR QUE A CASA É SUA.POR ISSO QUE ESTÁ ESTA BADERNA.NINGUÉM CONTROLA NADA,FRONTEIRAS TUDO A BANGÚ.
ESTE PAÍS SÓ TEM TAMANHO,NADA MAIS.BANDIDOS,ASSALTANTES E TERRORISTAS DE OUTROS PAÍSES VEM PRA CÁ E FICAM LIVRES LEVES E SOLTO.RONALD BIGS,CESARE BATTISTI E OUTROS...QUE PAÍS DESGRAÇADO...

Fernando Bender disse...

Mandaram a Argentina fazer o mesmo para parecer uma tendência.

Anônimo disse...

COMO O BRASIL É A LATRINA DO MUNDO, TODA A ESCÓRIA VIRÁ PARA O RICO PAÍS, CHEIO DE EMPREGOS, DE PRÊMIOS NOBEIS, DE EMPRESAS DE PONTA, DE POLÍTICOS ESCORREITOS E MILHARES DE FAVELAS.

Anônimo disse...

Internauta das 16: 08 , o Mercosul vai para o espaço sideral. Sonho da esquerda , desde FHC, só deu prejuízos ao Brasil , que bancava a quase totalidade de suas iniciativas. Mais ou menos como a Alemanha e a União Européia , com uma grande diferença, a UE patrocinada pela Alemanha criou a moeda comum, e efetivou as parcerias dentro do Bloco. Mesmo assim, já está começando a fazer água , o exemplo precursor é a saída do Reino Unido. !!!

Anônimo disse...

Eu como brasileiro que paga impostos também exijo que o Brasil faça o mesmo que a Argentina.

Anônimo disse...

Vai expulsar o Maradona?

sempre mais disse...

É capaz de Temer pedir aos criminosos para virem pra cá. Aqui é lugar de bandido.

Anônimo disse...

Que inveja dos argentinos. O PSDB e todos os partidos alinhados com o globalismo tem que virar como o pt.

Anônimo disse...

Isso é para puxar o saco do Trump, querer fazer média com aquele estimulador de guerras

Anônimo disse...

Sempre Mais, não foi Temer que trouxe para o Brasil as FARC's, o Cocaleiro, traficantes e nem o Césare Battisti, tu já estás delirando, toma um remedinho que alivia, mas quando passa o efeito tu vês que és a mesma naba de sempre, nunca vai melhorar! O "X" das empresas do "empresário" prodígio do apedeuta é a assinatura do mesmo!

Anônimo disse...

Argentina esta lotada de bolivianios e paraguaios que se beneficiam da saude e educacao gratuitas, pagos naturalmente com impostos dos argentinos nativos.

Parabens Macri, vc eh o orgulho da America do Sul!

visionst3 disse...

grande Macrí esta botando ordi na bagaça, fecha essa fronteira com BR e paraguay, por ali flui a coca

Anônimo disse...

merdasul nunca funcionou direito mesmo, e alem disto o Brasileiro sempre foi o maior prejudicado, agradeçam a gasolina custar tao caro, porque o mercosul e' grande responsavel por isso

Anônimo disse...

Perfeito. E o Brasil, quando vai fazer algo parecido? Aqui é uma porteira aberta.

Anônimo disse...

Que inveja dos hermanos!!! Parabéns Macri!! O país pertence aos seus cidadãos. Se não está bom que se lute para melhorar, e não abandonar e ir para outros países!

Anônimo disse...

Esse é o cara! Dá-lhe Trump! Dá-lhe Macri! Xô com a tigrada...

Anônimo disse...

Bom exemplo que deveria ser seguido!!!

Anônimo disse...

Corrigindo um erro no comentário.

Que inveja dos argentinos. O PSDB e todos os partidos alinhados com o globalismo tem que virar como o pt.


Que inveja dos argentinos. O PSDB e todos os partidos alinhados com o globalismo tem que virar pó como o PT.