Lamachia festeja continuidade da delação premiada da Odebrecht

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, festejou, nesta terça-feira, a continuidade dos trabalhos de análise das delações da Odebrecht. Para ele, é uma vitória para a sociedade a decisão da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, de autorizar que os juízes auxiliares do gabinete de Teori Zavascki continuem com o trabalho.

Ele disse que a sociedade precisa de respostas e a OAB acompanhará os fatos para cumprir sua missão de guardiã da Constituição e dos direitos e garantias individuais.

4 comentários:

Anônimo disse...

Quem é Lamachia??? Já expulsou da OAB algum dos advogados denunciados na Lava Jato?

Anônimo disse...

É isso aí Presidente Carmen Lúcia, o Brasil e o mundo precisam de resposta ( e urgente ) do STF sobre a Lava Jato. A morosidade da Justiça brasileira e em especial o STF, está causando desconfiança e temor em investir no Brasil. Existem empresas que precisam trabalhar e necessitam de respostas imediatas. O Brasil não pode parar e esses Juízes que foram indicados pelo Ministro Teori para ficarem trabalhando na sua ausência, conhecem a fundo o teor dos Processos. Eles têm capacidade e controle da situação para ir até o final.

Carlos Flávio disse...

Está é uma decisão madura, coerente, equilibrada e naturalmente racional diante deste lamentável episódio. Os servidores são do quadro funcional, nada mais correto de que os trabalhos tenham prosseguimento com está equipe. Chega de solução de continuidade.
O Brasil precisa deixar a condição de amadorismo no passado.

Anônimo disse...

... "OAB acompanhará os fatos para cumprir sua missão de guardiã da Constituição e dos direitos e garantias individuais."
Torcendo? Festejando?
E o fatiamento do impeachment, por acaso, nao foi uma violação da Constituição? Cadê o parecer da OAB sobre esta aberração jurídica?
Faça-nos um favor Sr. Lamachia, conquiste primeiro legitimudade para falar.