Felizzola e Teikon saem do bolo de controle acionário da HT Micron

Além de ter saído do Conselho de Administração da HT Micron, o empresário gaúcho Ricardo Felizzola e sua Teikon não são mais sócios da fábrica de chips coreana, que se instalou no RS, na Tecnosinos.

A nova composição acionária foi construída no final de ano e os contratos finais ainda dependem de registro formal na Junta Comercial.

A companhia cresceu muito desde 2014 – ano que marcou a inauguração oficial da sua fábrica, no Tecnosinos. Naquele ano, o da inauguração da fábrica, faturamento chegou a R$ 200 milhões, contra R$ 40 milhões em 2013.

CLIQUE AQUI para entender melhor o que é a HT Micron e como se configura o mercado de chips no mundo e no Brasil. A reportagem é da Agenda 2020, Porto Alegre.

Um comentário:

Anônimo disse...

E a ALTUS? vai bem?