Decisão da Petrobras de manter preço da gasolina surpreende analistas

A manutenção do preço da gasolina pela Petrobras, considerando que apenas o do diesel foi reajustado, representou surpresa para analistas que acompanham a empresa. "Inicialmente, estimamos aumentos de preços de 8% para a gasolina e de 5% para o diesel em janeiro. Portanto, enquanto o reajuste do diesel ficou em linha com a nossa expectativa, a manutenção do preço da gasolina foi uma surpresa para nós", escreveram Filipe Gouveia e Osmar Camilo, do Bradesco BBI.

A equipe de análise do Brasil Plural escreveu, em comentário a clientes, que a falta de reajuste nos preços da gasolina, que foi vendido a um prêmio "significativamente menor" na comparação com o diesel, deve confundir o mercado, elevando as incertezas sobre como os ajustes são decididos.

5 comentários:

Anônimo disse...

Os camioneiros fora os primeiros a protestar pela derrubada da Dilma bloqueando estradas.
Agora recebem esta notícia do aumento do Diesel piorando ainda mais a situação
E logo, logo, vem pedágios em tudo o que é estrada.
Agora vão reclamar pro bispo

Anônimo disse...

Então os "analistas"estão surpreendidos?
Fodam-se.

Anônimo disse...


A gasolina só não aumentou ainda, porque e elite que manda no país não deixou.

Unknown disse...

A palhaçada continua...olha o populismo aí gente!!!!

Anônimo disse...

Os patrões dos camioneiros! Racinha desgracada