Líder do PMDB na Assembleia nega que haja um golpe em curso

O deputado estadual Gilberto Capoani, líder da bancada do PMDB na Assembleia Legislativa, envia nota ao editor para esclarecer que não está tramando um golpe contra o colega Edegar Pretto (PT), impedindo-o de ser o novo presidente do Parlamento a partir de 1º de fevereiro:

A Bancada do PMDB, com o único objetivo de pôr fim ao desencontro de informações observado recentemente no Estado, reitera que em momento algum colocou em discussão a possibilidade de quebrar acordo firmado no começo da 54ª Legislatura, que previa a distribuição da presidência da Assembleia Legislativa entre PMDB, PP, PT e PDT, respectivamente, nos quatro anos de sua vigência.

Com isso, espera que sejam encerradas as especulações quanto ao tema, no aguardo de que o acordo seja mantido logo da retomada dos trabalhos no Parlamento, após o recesso legislativo, no dia 1º de fevereiro.