quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Sinpol RS convoca greve para o dia 2 de janeiro

O Sindicato dos Servidores da Policia Civil do RS (Sinpol) informou em ofício, nesta quarta-feira, ao chefe da polícia do Estado, que convocou todos os servidores da Policia Civil para paralisação a partir do dia 2 de janeiro.

A categoria esta orientada em manter 30% do efetivo de plantão para ocorrências policiais e medidas urgentes.

O Sinpol ressalta que a greve é em protesto contra ao atraso dos salários e do parcelamento em 12x da gratificação natalina e que isso afronta um dos princípios primordiais da carta magna que é a dignidade da pessoa.

Não é esta a primeira greve decretada pelo Sinpol.

CLIQUE na imagem ao lado para ampliar e ler toda a carta.

18 comentários:

Anônimo disse...

Pior para eles.
Vai ficar provado que esses mercenários não fazem falta.
Só estão lá para sugar os contribuintes.

Anônimo disse...

com o teu IP fdp a gente vai te mostrar qm faz falta...perdeu

Anônimo disse...

Tai uma deixa; privatizar a policia. Trazer as empresas de Israel de Segurança privada,garanto que sai mais barato. Possuem todo o aparato e são eficientes. Vou fazer uma consulta e depois vou dar valores.
Joel

Anônimo disse...

Pelo contrário, eles são imprescindíveis. Vai aumentar ainda mais a violência.

Anônimo disse...

Folha já abre espaço para a degola de Temer:

28/12/2016 - Brasil 247

Ao noticiar a operação de busca e apreensão nas gráficas que atuaram na campanha presidencial de 2014, Folha de S. Paulo manchetou que o alvo foi a "campanha de Temer", e não a "campanha de Dilma" ou "Dilma-Temer"; a sutileza significa que o objetivo da ação movida pelo PSDB no Tribunal Superior Eleitoral será a cassação de Temer; a questão é saber se depois do chamado "golpe dentro do golpe", o Brasil terá eleições diretas, como querem 63% dos brasileiros, segundo o Datafolha, ou indiretas, com um novo presidente escolhido por um Congresso com mais de 200 parlamentares investigados...

Gustavo disse...

e a dignidade do pagador de impostos?
o dia que esse começar a reclamar por sua dignidade, o servidor público morre de fome..

Anônimo disse...

FHC quer “diálogo” com Lula após fracassar golpe jurídico-parlamentar-midiático:

28 dezembro 2016 - Blog do esmael

O golpe de 2016, articulado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, fracassou. O plano inicial previa a derrubada de Dilma Rousseff, o impedimento preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a eventual cassação do registro do PT. Paralelamente, Michel Temer implantaria a chamada “ponte para o futuro”, a confiança retornaria e, em 2018, um tucano seria eleito para a presidência da República.

Oito meses depois do golpe, Lula lidera as pesquisas Datafolha e três presidenciáveis tucanos estão implicados na Lava Jato: José Serra por receber R$ 23 milhões na Suíça, Geraldo Alckmin acusado de ganhar R$ 2 milhões por meio do cunhado e Aécio Neves suspeito de ter despesas pessoais bancadas pelo marqueteiro.
Além disso, a “pinguela” Michel Temer fracassou. A economia brasileira foi ao fundo do poço, em razão do golpe, a imagem do Brasil, cujas elites sabotaram a democracia, foi arruinada.
É nesse contexto que FHC prepara uma guinada. Em entrevista à colunista Sonia Racy, ele sinalizou a intenção de dialogar com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Depois de dizer que a crise atual no Brasil é mais grave do que a de 1964, ele defendeu o entendimento. “É preciso que pessoas de posições diferentes conversem e retorne o bom senso. Mas quando falo em diálogo não é entre os que se entendem. É com os que não querem o diálogo”.

FHC, na realidade, nunca quis o diálogo, enquanto imaginou que o golpe seria um projeto bem-sucedido. Agora que o fracasso é evidente, ele muda de postura. De todo modo, sua posição converge com a do ex-presidente Lula, que recentemente falou à TV turca e pregou o entendimento.
“Eu acho que a melhor solução agora é os partidos políticos discutirem uma PEC, uma emenda constitucional e recuperar o direito do povo escolher o seu presidente da República outra vez pelo voto direto”, disse ele, defendendo o diálogo entre os partidos.

Façanha, o advogado do povo disse...

Funcionário Público fazer GREVE, é atentado às instituições do estado de Direito e democrático, deveria dar CADEIA!

Anônimo disse...

Atentado às instituições? Já ouvi muitas bobagens, mas essa é sem dúvida uma das maiores. Servidor civil pode fazer greve sim, conforme prescreve a Constituição Federal. Quando um Governador culpa somente servidores pelo seu fracassado governo, e pelas ruínas que o PMDB ajudou a construir ao longo dos anos, quando reiteradamente deixa de cumprir a Constituição Estadual, cabe sim o direito aos servidores fazer greve. Além disso, o Governo do Estado não poderá descontar os dias parados, pois o desconto só é permitido no caso do Governador cumprir às leis e a Constituição, não é o caso: descumprimento da lei permite greve e obriga ao pagamento, essa é a decisão do STF.
Eu sou servidor público, não farei greve, pelo menos não por enquanto, mas entendo o pessoal da Polícia Civil.

Anônimo disse...

VTNC mercenário chantagista!
Pode pegar o meu IP e vir me ameaçar pessoalmente.

Anônimo disse...

Façanha, para ser advogado tem que estudar, assim não escreverias tanta tolice. Não existe crime sem lei anterior que o defina, estude um pouco de direito penal e constitucional e aprenderás isso!
Em tempo, um jurista atento saberia que a jurisprudência dos Tribunais Superiores recentemente consolidou: greve em situação de parcelamento de vencimentos não é ilegal! Apenas militares e serviços essenciais possuem certas limitações (e a nota sindical é clara em manter a atividade de parte dos servidores).
Isso é o que consta na legislação jurisprudência, etc. Sobre a sua OPINIÃO: Bem... cada um diz o absurdo que bem lhe convém, mas para não passar vergonha, antes de emitir OPINIÕES sempre é bom estudar o assunto antes... Mas isso dá trabalho não é? 'Advogado do povo'...

Unknown disse...

Na minha cidade eles tem um prédio que fica às moscas , mas tem 10 ar-condicionados!!!

Anônimo disse...

tu acha filho da puta de Israel?

Anônimo disse...

Pelegada. Os trabalhadores da segurança são os únicos que não podem reclamar, receram em média 35% de reajuste no governo Sartori. Vamos fazer jornalismo, chega de ser garoto de recado do corporativismo.

Anônimo disse...

Espionar provedor alheio para tentar intimidar a liberdade de expressão tu sabes, né mercenário?
Mas a bandidagem que tem matado e roubado a vontade tu não espionas.
Ameaçar cara honesto tu ameaças, né mercenário?
Mas com a bandidagem tu ficas bem quietinho.
Agora ficou claro que tipo de gente faz greve na polícia.
Salvei as ameaças bandido.

Anônimo disse...

Somente o ESTADO tem o monopólio da força. Com que autoridade legal alguém, sem que seja o ESTADO(municipal, estadual ou federal) vai exercer a força?

A nao ser que tu seja adepto das milícias do RJ.

Anônimo disse...

De que adianta o estado ter um banco e não pode pedir um empréstimo e descontar das ações que tem e pagar os funcionários?
Que venda suas ações e acaba com essa miséria. alias onde estão só nossos deputados e senadores que nada fazem? Se fossem os nordestinos estariam chorando e garanto que resolveriam. Quando vão agir?

Anônimo disse...

Ta ficando perigoso opinar livremente. Funcionários públicos estão ameaçado a vida de quem é contrário a greve na segurança pública. Perdeu é gíria de marginal ameaçado sua vitima.