quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Polícia gaúcha desbarata grupo neonazista que atuava no RS. O Batalhão Azov poderia cometer atentados no Estado.

Para impedir o surgimento de uma filial gaúcha do Batalhão Azov, grupo brigadista nazi-fascista que atua na Ucrãnia, a 1ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, sob comando do delegado Paulo César Jardim, desencadeou ao amanhecer desta quinta-feira a operação Azov em Viamão, Canoas, Passo Fundo, Erechim, Caxias do Sul, Cruz Alta e São Nicolau. 

A mobilização teve amparo da Justiça.

Na ação, os policiais civis apreenderam farto material de propaganda neonazista, além de documentos, livros, fotografias, bandeiras, mídias digitais, computadores, camisetas nas residências dos suspeitos. Todos os indivíduos já haviam sido presos ou foram alvos de processos judiciais e inquéritos da própria 1ª DP, decorrentes de atividade neonazista nos últimos 15 anos.

Um dos investigados, de 26 anos, foi encaminhado ainda na manhã de hoje à delegacia para prestar esclarecimentos. Na casa dele, os agentes encontraram 47 estojos de calibre 9mm. 

A Polícia não descartou que, além de combaterem como mercenários na Ucrânia, os suspeitos agissem também futuramente no Rio Grande do Sul, promovendo por exemplo atentados a sinagogas e paradas livres.

13 comentários:

Anônimo disse...

provavelmente esses fascistas tinham encontro no parcão!

Lima disse...

Paradas "livres" dizem referência à parada de veados e gazelas escrotadas?
Homossexual é uma coisa. Veado é outra bem diferente, pois as gazelas gostam de escândalos, gritinhos e fantasias de negação de pênis.
Já homossexuais ficam na deles sem espalhafato e frescuras.
Pois é: estes nazistas merecem cadeia perpétua por exterminarem 30 milhões de pessoas no mundo, mas e os comunistas que exterminaram 100 milhões e estão soltos por aí?

Anônimo disse...

O viadinho das 1538 sabe tudo de bichas eh eh e...um especialista!!!!@

Anônimo disse...


ENTREGUEM PARA O MOSSAD!

Mas deveriam fazer a vontade da raça superior.

Freta um avião e larga todo mundo lá na Síria para combater o estado islâmico.

Porque ficam escondidos aqui na América Latina? Porque não partem para o combate no Oriente Médio?

Não querem enfrentar tropas de verdade! Querem fazer atentados contra as sinagogas do Bom Fim!

Que guerreiros hein? A Ucrânia queria contar com esses "combatentes" em suas alas?



Anônimo disse...

A policia agiu de maneira preventiva supondo k os caras poderiam fazer alguma coisa...e os comunas k mataram 300 milhoes, estao soltos espalhando terror sempre mascarados, invadindo terras quebrando e matando gado, quebrando fachada de bancos, etc.
Isso k e prerigo organizado, nao um bando de muleques inconsequentes...ta faltando sabedoria para os drs da lei.

Anônimo disse...

ESTÁ TAMBÉM NA HORA DE A POLÍCIA, ATRAVÉS DO GENERAL SÉRGIO ETCHEGOYEN EXTERMINAR GRUPOS NEO-COMUNISTAS E NEO-SOCIALISTAS (BLACK BLOCS) POIS NÃO RESPEITAM AS LEIS, A SOCIEDADE, QUEBRAM E DILAPIDAM O PATRIMÔNIO PÚBLICO E QUEREM IMPLANTAR UM REGIME TOTALITÁRIO QUE NÃO ADMITE DEMOCRACIA.

Anônimo disse...

Neonazista pode ser combatido, mas e porque esta anistia dada aos comunistas que mataram muito mais que os nazistas? Eu só queria entender....

Anônimo disse...

E os comunistas, que mataram mais que os nazistas também deviriam ser presos, ou não?

Anônimo disse...

Esse pessoalzinho enlouquecido poderia vir a fazer atentados, tem que prender! Mas é o MST ? Fazem e fizeram e não acontece nada? Estranho

Anônimo disse...

Que me perdoe o policial em questão... mas ao invés de embarcar em possibilidades cuja existência beira ao "Alice no país das maravilhas" , não seria mais oportuno desbaratar quadrilhas de traficantes,prender assassinos de inocentes ou nos proteger de roubos de casa ou carros...
Afinal a crise na segurança está aí e nós precisamos de respostas claras a problemas "realmente existentes".
Foco policiais... foco ... belo bem de todos nós ... que afinal pagamos vossos salários...
Quando tudo estiver Ok na área de segurança aí então factóides de adolescentes poderão significar trabalho sério.

Anônimo disse...

O editor se contorceu o que deu para não dizer "parada Gay" e disse "parada livre". Obvio que são grupos fachistas de direita, muitos frequentavam a Parcão, travestidos de bons meninos, pensam igual ao editor e fazem postagens no sito do editor. Tudo a ver........

Anônimo disse...

Acho que esses grupo na verdade é neo-comunista e não neo-nazista, e pelo pouco que sei eles tem gente trabalhando como mercenário para o governo russo contra a Ucrânia, acontece que a mídia esquerdista nacional e mundial gosta de distorcer as informações.

Anônimo disse...



Polícia é para isso mesmo. Prender quem tiver que prender e estabelecer a ordem.

Parabéns pela prisão destes bandidos!