Mercado seguiu ajustando para baixo as projeções para o PIB de 2017

O mercado revisou novamente para baixo suas expectativas para o PIB do próximo ano, incorporando o resultado do PIB do terceiro trimestre conhecido na semana passada, de acordo com as estimativas coletadas até o dia 2 de dezembro e divulgadas há pouco pelo Relatório Focus do Banco Central. 

A mediana das projeções de PIB para 2016 oscilou de uma queda de 3,49% para outra de 3,43%, enquanto o crescimento previsto para 2017 passou de 0,98% para 0,80%. 

As expectativas para a inflação deste ano foram revisadas para baixo, de 6,72% para 6,69%, ao passo ficou estável em 4,93% para o ano que vem. 
Já mediana das projeções para a taxa Selic caiu de 10,75% para 10,50% para o final de 2017. 

Por fim, a mediana das expectativas para a taxa de câmbio permaneceu em R$/US$ 3,35 para o final deste ano, enquanto a mediana para o final de 2017 subiu de R$/US$ 3,40 para R$/US$ 3,45.

2 comentários:

Anônimo disse...

O editor, o mercado, a FIESP, os empresários, a rede globo, a folha de SP, o estadão, os coxinhas davam como certo que no dia subsequente a derrubada da dilma tudo ia melhorar. Os trouxas se quebraram, davam como favas contadas a vitória dos Democratas nos EUA (exceto o editor) e levaram ferro.

Anônimo disse...

Coxinhas fizeram protestos e pouparam o Temer!

Foi um gesto de piedade, afinal, seu governo está de mal a pior!