quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Diretoria do PT quase quebra a Trensurb

Normalmente quando um governo assume, todos os gestores das estatais que ele controkla são substituídos.

Na Trensurb, a estatal federal que opera os tgrens metropolitanos, os diretores, superintendentes, gerentes e chefes ainda são herança da gestão petista.

O governo Temer só conseguiu substituir o presidente, Francisco Horbe, que está sendo assessorado por petistas.

A Trensurb está numa situação falimentar, devido a má administração petista durante 13 anos. 

15 comentários:

Anônimo disse...

Má administração ou por segurar preços "subsidiados". Então tirem o pessoal do PT e aumentem a passagem do trem que até as pedras sabem que as tarifas estão defasadas. Por via de consequência "segurem" as pau que vão levar dos usuários e se preparem que não vão eleger mais nem síndico de prédio. Alias, a maciça maioria desses usuários não votam no PT mesmo, então que se paguem o preço da passagem real.

Anônimo disse...


Não adianta espernear, eles estão juntos na falcatrua e o PT tem o rabo do PMDB preso, daí que se mandarem os caras embora eles abrem o bico, e a casa cai.
Então é melhor ter um pássaro na mão, do que dois voando.

Anônimo disse...

Esse partido da ORCRIM, qdo administra uma estatal, levam-na à falência. Vide a PTebrás.

Alberto disse...

E o 'indicado' Leonardo Hoff? Está nesse rolo?

Anônimo disse...

Para NÃO quebrar , a solução é PRIVATIZAR. !!!

Anônimo disse...

Concordo é privatizar e tirar os ratos senão o queijo acaba, se já não acabou

Anônimo disse...

UMA EMPRESA ESTATAL QUE JÁ TEVE UMA BESTA HUMANA COMO O MARCO MAIA COMO PRESIDENTE SÓ PODE DAR MER...A.

Unknown disse...

Privatiza!!!!

Anônimo disse...

Em 2003 quando assumiu a administração PT na TRENSURB, com Marco Maia, presidente, e todos os cargos da empresa já ocupados por PTistas desqualificados dotados apenas com a experiência administrativa na condução do sindimetro, ocorreu um encontro ferroviário sem nenhuma expressão ferroviária na cidade de RECIFE. Para este encontro participaram 27 "chefes" com polpudas diárias onde normalmente participaria três ou quatro profissionais relacionados com os assuntos que seriam desenvolvidos no encontro. No retorno, no aeroporto de Guararapes, fizeram uma mini-convenção, a qual denominaram "PACTO DE GUARARAPES" que consistia basicamente em eliminar a memória da TRENSURB, principalmente a técnica,com a dispensa de todos os engenheiros qualificados que a empresa possuia. Pretendia-se com isto no futuro, qualquer administração que viesse assumir a empresa, forçosamente teria que se subsidiar dos atuais administradores. É o que está acontecendo. E principalmente começaram a ocorrer terceirizações em quase todas as áreas, com dezenas de contratos sendo geridos. A empresa que era de engenharia passou a ser administradora de contratos, inflou a área administrativa e encolheu a técnica e multiplicam-se problemas vide o que está ocorrendo com os novos trens.

Unknown disse...

Sem novidade!!!

Anônimo disse...

por onde o pt passou nestes 13 anos- destruiu, as estatais estao agonizando rombos e rombos os correios q eram orgulho estao na miseria com rombos e maus serviços pt = perda total

Anônimo disse...



COM A DIRETORIA ILUSTRE QUE TEVE AO LONGO DOS ANOS SÓ PODIA DAR NISSO, VÁRIOS NOMES NA LISTA DA ODEBRECHT EXPLICAM TUDO!

Brito disse...

Por onde passa o PT fica rastro de destruição, incompetência, corrupção e desordem.

Anônimo disse...

Precisamos de notícias nova. O PT arrasar com tudo por onde passa não é novidade, é orientação.

Arno Edgar Kaplan disse...

Ah, não pode... Voltarmos à picada dos nossos índios...